Tags: Estilo |

Clássicos e raridades são protagonistas na Cinemateca


A Cinemateca Portuguesa tem a decorrer até final deste mês um ciclo de actividades sobre o seu papel enquanto arquivo e sobre o trabalho de conservação patrimonial, que tem como protagonistas filmes clássicos e raridades de produção nacional e estrangeira, além de outras iniciativas.

Os filmes serão exibidos integrados em dois ciclos: “O nosso século XX”, uma viagem pela história do cinema português e pela história de Portugal desde o final do século XIX, como é referido pela Cinemateca na apresentação da iniciativa; e “A colecção / As colecções”, onde é retratada a “identidade do acervo patrimonial de imagens em movimento conservado”, assim como “o cinema e o universo das imagens em movimento como património cultural do país”.

Entre os filmes em exibição hoje, sexta-feira, estão “Yokihi”,  de Kenji Mizoguchi, “A proclamação do Presidente da República 9-1918 | O homem dos olhos tortos”, de Leitão de Barros, assim como um conjunto de filmes (curtas; mudos) pertencentes à série “Curiosidades da Guerra Tiradas dos Archivos Allemães”, e uma sessão de curtas que se centra das actividades de lazer e no investimento na educação da Primeira República, como é referido na apresentação da mesma.

Diariamente, até 31 de Janeiro, há projecções de vídeo, “documentos sobre a história da cinemateca e sobre a temática da conservação de filmes”, e pode ser visitada uma exposição que mostra “colecções de equipamentos e objectos de cinema e pré-cinema, materiais videográficos, documentos bibliográficos e iconográficos”.

O primeiro colóquio acontece dia 9, pelas 18h30 e é sobre a Cinemateca Portuguesa e a salvaguarda do património cinematográfico em Portugal, estando agendada a conferencia sobre “O Futuro da Película Cinematográfica”, por Leonid Konovalov, investigador no Instituto Nacional de Cinematografia Russa, para dia 25 de Janeiro, pelas 18h30.

As visitas ao Arquivo Nacional de Imagens em Movimento, em Loures, estão previstas para os duas 15, 18, 22 e 26 de Janeiro, de acordo com o programa do evento.

O Mais Lido