Tags: Negócio |

“Citius, Altius, Fortius”


Para muitos, os Jogos Olímpicos de verão são a competição mais importante do mundo, já que se realizam apenas de 4 em 4 anos e são transversais em termos de modalidades, com os vencedores a serem recordados para sempre. Os Jogos deste ano, que hoje se iniciam no Rio de Janeiro – e que terminam a 21 de agosto - contemplam mais de 40 modalidades, sendo esperados mais de 11 mil participantes.

O tempo entre Jogos serve para os atletas se preparem para o evento de uma vida, onde a preparação é levada ao extremo para os melhores resultados possíveis. E é aqui que assenta o lema “Citius, Altius, Fortius”, que quer dizer "mais rápido, mais alto, mais forte", em latim. Neste quadrante, também é possível verificar quais os melhores fundos de investimento em Portugal que melhor se comportaram entre o final dos Jogos de Londres (a 12 de agosto de 2012) e o último dia do mês passado.

Segundo os dados disponibilizados pela Morningstar, através da sua plataforma online, a rendibilidade média dos fundos nacionais, no período em questão, foi pouco superior a 3,1%.

Dos fundos nacionais, aquele que recebe a “medalha de ouro” nesse período é o Invest AR PPR que é gerido pela Invest Gestão de Activos. A sua rendibilidade anualizada supera os 15,59% e tinha, no final de julho,  quase 10 milhões de euros em património. Na última revista publicada pela Funds People, Paulo Monteiro, gestor do produto, referiu que “o fundo investe apenas em ativos líquidos, pelo que não tem grandes restrições em termos de capacidade”.

As medalhas de prata e de bronze vão ambas para a mesma equipa: a Caixagest. Com ganhos anualizados de 14,31% vem o fundo Caixagest Rendimento Oriente seguido do Caixagest Rendimento Nacional que registou uma valorização de 13,28%. Ambos os produtos são classificados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – como Fundos Estruturados, sendo que os dois são Fundos Especiais de Investimento (FEI) com “uma rendibilidade potencial atractiva e distribuição periódica de rendimentos”, segundo se lê nos prospectos.

“Mão cheia” em destaque

Existem, além dos três mencionados, mais cinco produtos que se destacam em termos de rendibilidades anualizadas, já que superam os 10% no período em análise. Esses cinco produtos são geridos por três entidades diferentes, com a Montepio Gestão de Activos e a Caixagest a colocarem dois produtos nessa lista, e a Santander Asset Management a colocar apenas um.

Da Montepio Gestão de Activos encontramos dois fundos sectoriais: o Montepio Euro Healthcare e ainda o Montepio Euro Utilities. Já da Caixagest, encontra-se na lista o Caixagest Acções EUA e ainda o Caixagest Infraestruturas, com este último a ser um fundo com dois selos Funds People: o de Consistente e ainda o de Blockbuster. Da Santander Asset Management, o fundo que se destaca no período é o Santander Acções América, com ganhos de 10,21%.

Os 25 fundos mais rentáveis

Captura_de_ecra__2016-08-4__a_s_11

Fonte: Morningstar entre 12 de agosto de 2012 e 31 de julho de 2016. * Rendibilidade anualizada.

 

 

Profissionais
Empresas