Tags: Obrigações | Ações |

Cinco categorias de fundos têm mais de mil milhões sob gestão


Nos fundos de investimento mobiliário (FIM) existem quatro categorias, num total de 30, com um volume de activos sob gestão superior a mil milhões de euros, de acordo com o relatório mensal da APFIPP, referente a Novembro.

A categoria de FEI Monetário Curto Prazo lidera, com 1.886,2 milhões de euros (e um crescimento desde início do ano de 98%), seguindo-se as de FEI de Obrigações, com 1.366,6 milhões de euros (aumento de 58% este ano), Fundos com Protecção de Capital, com 1.365,1 milhões de euros (descida de 5,7% desde início do ano), Fundos de Obrigações Taxa Indexada Euro (decréscimo de 0,2% este ano), e Fundos Flexível, com 1.073,6 mil milhões (menos 16,2% desde o começo do ano).

Juntas, estas categorias de fundos representam um volume sob gestão de cerca de 6,8 mil milhões de euros, o que corresponde a 56,7% do montante total de Novembro e que foi de 11,9 mil milhões de euros.

Os Fundos PPR, com 965,4 milhões, são os que se encontra, mais próximos da “barreira” dos mil milhões, entre as restantes categorias.

No mês passado, o valor dos activos sob gestão aumentou 1,6% face a Outubro, quando tinha sido de 11,74 mil milhões de euros, registando um aumento de 10,3% desde início do ano (em Dezembro situava-se em 10,82 mil milhões de euros), de acordo com o relatório mensal dos fundos de investimento mobiliário da APFIPP.