Chart of the Week - Terá a temida segunda onda epidémica chegado?


  (O 'Chart of the Week' desta semana é da autoria de Pedro Barata, CFA, portefólio manager da ASK.)

Capture

Fonte:  https://www.worldometers.info/coronavirus/

medium_Opiniao__Pedro_Barata__Portefo_lio_Manager__Ask_Patrimo_niosCom cerca de dois meses do aliviar das medidas de confinamento, o número diário de novos infetados nos últimos dias registou um crescimento em vários países com diferentes localizações geográficas.  Inclusive os dados globais batem recordes diários de novos casos.  Se nos países menos desenvolvidos e com serviços de saúde pública mais frágeis da América do Sul, África e Índia a curva de novos casos diários nunca abrandou, em países desenvolvidos da Europa, Ásia e Austrália assiste-se ao início do que poderá ser uma segunda vaga pandémica. Em alguns países com a pandemia controlada nos últimos dias apresentaram o indicador R0 (número médio de contágios causada por cada pessoa infetada) com valores muito superiores a 1. 

Os próximos dias vão ser críticos. A temida segunda onda epidémica esperada para o início do outono poderá já ter chegado.  Se isto for verdade é um forte revés para a recuperação económica. O Fundo Monetário Internacional reviu em alta a contração do crescimento económico global para 2020 de -3% para  -4.9%. A  continuação da tendência de subida de novos casos, vai exigir a intervenção das autoridades públicas no retomar de novas medidas de isolamento social e restrições ou mesmo encerramento de atividades económicas.  Em economias fragilizadas em consequência dos fechos ocorridos em março e abril,  uma nova vaga de racionamento da atividade económica pode ser letal.  Paralelamente o efeito psicológico na população em especial na Europa será avassalador: Cansados de confinamento e ávidos de aproveitar o período de férias que se aproxima a tendência natural é para terem um maior número de comportamentos de risco.

Antevê-se o aumento de volatilidade nos mercados nos próximos  dias. A acompanhar com muita atenção a informação diária dos novos casos de infetados com o Covid-19.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos