Tags: ISR |

Chart of the week - Os desastres naturais que causam mais impacto económico


(O 'Chart of the Week -...' é da autoria de João Zorro, Diretor responsável pela área de Obrigações da GNB Gestão de Ativos.)

The_natural_disasters_that_inflict_the_most_economic_damage_n__1_

Quando se fala acerca do Ambiente e se enumeram as consequências sobre a vida no Planeta, associamos a dimensão e a frequência dos desastres naturais como manifestação dessas consequências. Os alertas são vários e vêm de todo o lado. Infelizmente, a ideia de que se está fazer pouco para contrariar estes acontecimentos, vai-nos revoltando a todos um pouco – uns mais e outros menos... De qualquer forma, é inquestionável que os custos são já significativos e tenderão a aumentar. Todavia, estes não são mais expressivos porque quando se mede monetariamente a dimensão dos desastres naturais, o continente africano perde relevância já que não é uma zona geográfica “rica” em infraestruturas, bem pelo contrário. Seria diferente se pudéssemos associar um valor monetário à vida humana.

Tenho a esperança de que uma “mão invisível” tenderá a manifestar-se, no sentido de contrariar a atual tendência, quer pela via dos custos associados a estes eventos (que têm de ser pagos e portanto atingindo o “bolso” de todos – Estado, contribuintes, empresas) quer pela emergência de políticas e de produtos de investimento que beneficiem outras atitudes e que prejudiquem as “velhas” formas de intervenção económica no mundo. O desenvolvimento recente dos critérios de ESG ( Environmental, social and governance) na política de investimentos dos principais investidores mundiais (Fundos Soberanos, Fundos de Pensões, Seguradoras, etc, que são na prática os principais financiadores das economias) contribuirá para esse processo.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

Próximos eventos