Tags: Negócio |

CGS Capital compra Dexia AM por 380 milhões


Depois de entrar em negociações exclusivas no passado dia 4 de Dezembro, a GCS Capital, um investidor estratégico internacional implantado na região da Ásia-Pacífico, assinou um acordo com o grupo franco-belga Dexia SA para adquirir a totalidade da sua gestora de activos, Dexia Asset Management. A empresa vai pagar cerca de 380.000.000 de euros pela sociedade gestora, que tem sob gestão de 79.000 milhões de activos por todo mundo.

O acordo está sujeito à aprovação dos órgãos reguladores e da Comissão Europeia, prevista para o primeiro trimestre de 2013. A operação faz parte dos planos anunciados pela empresa em Outubro de 2011, conforme explica Karel De Boeck, CEO do grupo, em comunicado oficial.

"Continuamos a implementar as resoluções do plano e este acordo dá à Dexia AM uma oportunidade para continuar com o seu desenvolvimento de negócios e expandir a sua plataforma actual em áreas de crescimento", comenta.

A operação envolve um suporte à estrutura comercial e de gestão existente da Dexia AM e um plano de desenvolvimento estratégico, através de crescimento interno e externo. Enquanto a Europa continuará a ser um centro de excelência para a gestora, o comprador vai proporcionar o crescimento na base de clientes, uma vez que ampliará o perímetro de distribuição dos seus produtos para entrar em mercados novos e emergentes, especialmente China e Médio Oriente.

Como primeiro passo, a GCS Capital estabeleceu uma parceria estratégica com o ICBC (o maior banco chinês) para distribuir os produtos da Dexia AM na sua rede local, para os investidores chineses e asiáticos. "Esta parceria é uma indicação clara da capacidade do nosso futuro accionista para desenvolver a sua rede de relações e apoiar a nossa expansão internacional", disse Abou-Jaoude Naim, CEO da Dexia AM, numa comunicação escrita enviada aos clientes da entidade.

"Os investidores asiáticos estão cada vez mais interessados na experiência europeia para identificar oportunidades, enquanto na China a indústria de serviços financeiros se está a expandir e evoluir, um conjunto atractivo circunstâncias", diz Huan Guocang, CEO da GCS Capital. Além disso, a entidade compradora também vê oportunidades de oferta de soluções, centrados na Ásia, a clientes europeus e australianos da Dexia AM.

O HSBC é o assessor da GCS Capital nesta transacção.

O Mais Lido