Captações líquidas: fundos multiativos defensivos mantêm destaque no mês de abril


Depois de termos visto quais os fundos que no mês de abril registaram um saldo maior entre subscrições e resgates no conjunto dos fundos nacionais, chegou a hora de vermos o que se passou na categoria de fundos multiativos, mês em que curiosamente, ao contrário do mês passado, segundo a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), se registou um saldo negativo global de -8,1 milhões de euros, justificado pela liquidação de três fundos do Banif. 

A Associação subdivide a categoria de fundos multiativos em três: multiativos agressivos, multiativos equilibrados e multiativos defensivos. Os primeiros são fundos cujo investimento em ações corresponde a pelo menos 65% da carteira; já os fundos equilibrados investem entre 35% e 65% no segmento acionista; por fim, nos fundos multiativos defensivos o investimento em ações não é superior a 35%.

No mês em questão, do conjunto de 28 fundos multiativos geridos por entidades associadas da APFIPP, 17 registaram um saldo positivo entre subscrições e resgates.

Multiativos defensivos mantêm liderança

Dos 17 fundos que obtiveram captações líquidas positivas, oito deles pertencem à sub-categoria multiativos defensivos. Assim, tal como no mês passado, o fundo defensivo da responsabilidade da Caixagest manteve-se como o único fundo multiativo a registar entradas líquidas de dinheiro superiores a dez milhões de euros. Falamos do Caixagest Seleção Global Moderado, que detém o selo Blockbuster Funds People, que registou um saldo entre subscrições e resgates que ronda os 13 milhões de euros.

De seguida surge um outro produto gerido pela Caixagest, desta feita pertencente à sub-categoria multiativos equilibrados, o Caixagest Seleção Global Dinâmico, fundo que registou um total de captações líquidas superior a sete milhões de euros.

Por outro lado, dos restantes fundos que obtiveram um saldo entre subscrições e resgates superior a um milhão de euros, todos eles são da responsabilidade da Santander Asset Management. Assim, com um total de captações líquidas de 6.369 milhões euros está o Santander Private Moderado. Imediatamente a seguir surgem dois fundos da gama Santander Select, o Santander Select Moderado, fundo que detém o selo Blockbuster Funds People, e o Santander Select Dinâmico, com entradas líquidas de dinheiro de 3.885 milhões de euros e 1.105 milhões de euros, respetivamente.

Abaixo apresentamos a lista dos fundos que obtiveram um saldo positivo de captações líquidas no mês de abril.

CLFonte: APFIPP, abril de 2017

Empresas

Notícias relacionadas