Tags: Negócio |

Captações líquidas: fundos de obrigações em abril


Em 2016, as captações líquidas têm estado sempre pintadas a vermelho. Segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP - as captações líquidas, no mês de abril, foram negativas na ordem dos 126 milhões de euros. Nos primeiros quatro meses, o saldo também é negativo, na ordem dos 456 milhões de euros.

No mês de abril, as captações líquidas nos fundos de obrigações, que a Associação divide em três categorias (Taxa Indexada, Obrigações Euro e Obrigações Internacionais), foram negativas na ordem dos 2 milhões de euros. No entanto, apesar do saldo ser negativo, existem alguns produtos que se destacam pela positiva.

De todos os fundos que compõem as três categorias, aquele que conseguiu ter um saldo entre subscrições e resgates maior foi o CA Rendimento. Gerido pela Crédito Agrícola Gest, o fundo conseguiu ‘arrecadar’ mais de 4,5 milhões de euros em abril.

No patamar dos 4 milhões de euros ainda encontramos mais um produto. Trata-se do IMGA Rendimento Mensal, da IM Gestão de Ativos, que conseguiu ter captações líquidas de 4,4 milhões de euros.

O top 3 é fechado com mais um destaque. O fundo IMGA Euro Taxa Variável, também da IM Gestão de Ativos, foi o outro produto que superou o valor de um milhão de euros em captações líquidas no mês de abril.

Fundos de obrigações com captações líquidas positivas

Fundo Gestora Categoria Abril
CA Rendimento Crédito Agrícola Gest Obrigações Taxa Indexada 4 575 900 €
IMGA Rendimento Mensal IM Gestão de Ativos Obrigações Euro 4 405 300 €
IMGA Euro Taxa Variável IM Gestão de Ativos Obrigações Taxa Indexada 1 278 300 €
Santander MultiCrédito Santander Asset Management Obrigações Taxa Indexada 842 100 €
IMGA Global Bond Selection IM Gestão de Ativos Obrigações Euro 123 300 €

Fonte: APFIPP no final de abril

 

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido