Tags: Negócio |

Caixagest Oportunidades lidera a um ano


As primeiras semanas do ano têm sido voláteis nos mercados financeiros e o mercado nacional não foge à regra. Segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) à data de 22 de abril – a semana 16 do ano – já existiram sete fundos que lideraram, semanalmente, a lista dos mais rentáveis a doze meses. Realce-se ainda que esta análise não inclui os Fundos de Poupança Ações e dos Fundos Poupança Reforma devido ao facto do seu regime fiscal ser diferente dos outros fundos mobiliários nacionais.

A semana passada (terminada a 22 de abril) trouxe um novo líder a este ranking. Trata-se do Caixagest Oportunidades, da Caixagest, que nos doze meses anteriores regista uma rendibilidade de 1,5%. Este fundo pode investir em “fundos de investimento mobiliário e imobiliário, em hedge funds, em fundos de hedge funds, em acções, em obrigações, em certificados indexados a índices e em outros valores mobiliários que se enquadrem nos objectivos do fundo” e tinha, no final de março quase 29 milhões de euros em ativos sob gestão. Em termos de maiores ativos sob gestão, a maior fatia do investimento está alocada a dívida pública portuguesa, seguido de dívida corporativa de empresas com a Galp Energia, a Ren ou o BCP.

O fundo que ocupava o lugar cimeiro do ranking na semana anterior, desceu à segunda posição. Denomina-se Caixagest Rendimento Nacional e é gerido, também, pela Caixagest. No período em análise a sua rendibilidade foi de 1,4% com o património a superar os 97 milhões de euros.

O terceiro produto mais rentável é o primeiro que sai fora do espectro da Caixagest. Trata-se do Montepio Obrigações, da Montepio de Gestão de Activos, que regista no período em questão uma rendibilidade de 1,2%. O seu património é de quase 8 milhões de euros, com as obrigações do BCP a serem o maior investimento em carteira, seguido de obrigações do Citigroup, além de um ETF gerido pela iShares (iShares Euro Corp Bd Interest Rate Hdgd).

Os dez fundos mais rentáveis nos últimos doze meses

10_mais_22abril

Fonte: APFIPP a 22 de abril. * Excepto Fundos de Poupança Ações e Fundos Poupança Reforma.

Empresas

O Mais Lido