Tags: Negócio |

Caixagest adere aos Princípios de Investimento Responsável das Nações Unidas


Mais uma gestora nacional a aderir aos Princípios de Investimento Responsável (PRI) das Nações Unidas. A Caixagest acaba de anunciar ao mercado mais um passo no compromisso que tem no caminho do investimento socialmente responsável, tornando-se signatária dos PRI. Como se pode ler no próprio site, “os PRI atuam nos interesses de longo prazo dos seus signatários, dos mercados financeiros e economias em que operam e, em última análise, nos interesses da sociedade e ambiente como um todo”.

Em declarações à Funds People, Tiago Ravara Marques, CEO da Caixagest, afirma que a subscrição dos PRI acaba por ser “um passo natural”, e “uma forma de destacar uma filosofia que será um pilar da atividade, como parte de uma estratégia alargada do Grupo CGD”. A gestora recorda que “a Caixagest lançou em janeiro de 2017 o fundo Caixagest Investimento Socialmente Responsável, que procura investir em empresas que apresentam as melhores práticas em áreas como por exemplo respeito pelos direitos humanos, impacto ambiental ou gestão de recursos humanos e excluir entidades envolvidas em sectores considerados controversos”.

Próximo passo

Com a crença de que “o sector financeiro deve ser parte integrante da resposta a um futuro mais sustentável e que a incorporação nas decisões de investimento de critérios ESG (Environmental, Social and Governance) é relevante, procurando gerar rendimentos de longo prazo mais sustentáveis”, e de que “investir de forma responsável é uma obrigação de qualquer ser humano no Século XXI”, a entidade já tem planos para o futuro no que toca à restante gama de fundos. O responsável da Caixagest assegura que, depois da existência de fundos temáticos na oferta, “o próximo passo será, no futuro, estender a incorporação de fatores ESG ao processo de investimento dos vários fundos sob gestão”.

Recorde-se ainda que também o Caixagest Ações Europa ganhou recentemente um cunho sustentável. O fundo passou, recentemente, a ter uma nova política de investimento e um novo nome, Caixa Ações Europa Socialmente Responsável.

Empresas

Notícias relacionadas