Tags: Negócio |

Caixabank compra a participação de 8,4% da Allianz no Banco BPI


O CaixaBank acordou adquirir ao Grupo Allianz 8,4% do capital social do Banco BPI por um preço total de 178 milhões de euros, o que corresponde a um preço de 1,45 euros por ação. Depois desta aquisição o CaixaBank será titular de cerca de 92,935% do capital social do BPI.

Segundo o comunicado da entidade espanhola, “o Caixabank tem a intenção de solicitar nas próximas semanas ao presidente da assembleia geral de acionistas do Banco BPI, a convocatória de uma assembleia para aprovar a exclusão da negociação do BPI, conforme o estabelecido no artigo 27.1. b) do Código de Valores português”. No mesmo documento indicam que “no caso de ser aprovada a exclusão de negociação pela assembleia geral de acionistas do Banco BPI e pela CMVM, o CaixaBank oferecerá a compra de todas as ações das quais não é titular a um preço de 1,45 euros por ação com o objetivo de alcançar uma participação de 100%”.

O desembolso total para adquirir as ações que sobram do BPI (de 92,935% para 100%) a um preço de 1,45 euros por ação é de 149,25 milhões de euros. O preço de 1,45 euros por ação representa um prémio de 22,67% relativamente ao último dia de negociação e um prémio de 22,16% relativamente ao preço médio ponderado por volume de negociação dos últimos 6 meses.  

Destaque também para o facto de “o CaixaBank e a Allianz terem concordado propor aos órgãos administrativos do Banco BPI e da Allianz Portugal, respetivamente, a reorganização da aliança de seguros em Portugal com o objetivo de reforçar e aprofundar a relação comercial entre o Banco BPI e a Allianz na distribuição de seguros não vida durante os próximos dez anos”.

No que diz respeito aos seguros de vida da Allianz Portugal, do CaixaBank adiantam que o Banco BPI continuará a distribuí-los até ao final de 2019”. 2020, por seu lado, será a data em que se espera que o BPI “começará a distribuir seguros de vida da BPI Vida e Pensões”. Ressaltam no entanto que “os contratos de seguros de vida subscritos pelos clientes do BPI com a Allianz Portugal continuarão em vigor nos termos próprios”.

Notícias relacionadas