Tags: Obrigações | Ações |

Caixa e BPI Gestão de Activos únicas gestoras portuguesas nas 500 maiores do mundo


“Não obstante a crise financeira, assistiu-se a um continuado crescimento do mercado mundial de gestão de investimentos, que continua a registar novos máximos de activos sob gestão”, refere Jorge Sousa Teixeira da BPI Gestão de Activos, que surge em 402º lugar neste 'ranking'.

A Caixa Gestão de Activos aparece na 262ª posição e, para a entidade, “o posicionamento no 'ranking' reflecte o bom desempenho na gestão das nossas carteiras e também a diversidade de clientes que conseguimos alcançar com as soluções de investimento presentes na nossa oferta actual.” Esta sociedade gestora agrupa a Caixagest, nos fundos mobiliários, a Fundger, com fundos imobiliários, e ainda a CGD Pensões.

A outra gestora portuguesa, em destaque, é a BPI Gestão de Activos, para a qual “o reconhecimento por parte da Towers Watson da BPI GA entre as 500 maiores gestoras é obviamente um excelente cartão de visita para os nossos objectivos, e um incentivo adicional para a nossa vontade de melhorar permanentemente a oferta de fundos e serviços”. Jorge Sousa Teixeira, administrador da gestora, acrescentou que “recentemente começámos já a beneficiar com o regresso aos investimentos e à diversificação por parte de muitos clientes particulares portugueses. Contudo, é ao nível dos clientes institucionais, em particular no estrangeiro, que se sente um maior dinamismo e apetite por risco. Acreditamos que num futuro próximo será este o segmento que mais rapidamente fará progredir os activos sob gestão do BPI, a par dos clientes do segmento alto e das plataformas de distribuição. Em particular, esperamos rapidamente voltar a ultrapassar a barreira dos 10 mil milhões de dólares, que nos abrirá mais portas no exterior”.
 
Portugal marca, assim, presença neste 'ranking' que enumera as 500 maiores gestores de acordo com os activos que têm sob gestão. 

Empresas

Notícias relacionadas