Tags: Consultoria | Negócio |

CA Gest interpõe-se como ‘vencedora’ na gestão de patrimónios, desde o início do ano


Bem longe da fasquia dos 60 mil milhões de euros de ativos sob gestão alcançados em dezembro, três meses depois o volume de ativos geridos neste segmento da gestão de patrimónios resvalou para os 58,1 milhões de euros, uma quebra que se traduz em menos 3,26%.

Os três meses deste trimestre ficaram também eles marcados por um temor nos mercados, relacionado com o regresso do tema “China” à baila, situação que obviamente teve impacto na gestão de patrimónios.

Desde o início do ano uma das entidades que faz gestão de patrimónios no nosso país conseguiu destacar-se. Falamos da Crédito Agrícola Gest, que “vence” em termos de crescimento tanto em termos percentuais como absolutos.

A entidade que acabou março a gerir mais de 2,19 mil milhões de euros em carteiras de gestão de patrimónios, conseguiu um crescimento absoluto superior a 42 milhões de euros entre o final de dezembro do ano passado e março de 2016. Em termos percentuais, o incremento protagonizado pela entidade foi de 1,96%.

Caixagest mantém-se líder

Muito embora a Caixagest tenha perdido algum do ‘fulgor’ desde o início do ano – ativos caíram mais de 2% - a entidade continua a ser a de maior domínio neste segmento, tendo terminado março acima dos 21,8 mil milhões de montante gerido.

A entidade tem assim uma quota de mercado que supera os 37% ao nível da gestão de patrimónios.

Gestão de patrimónios desde o início do ano: evolução

Captura_de_ecra__2016-05-3__a_s_19

Fonte: Dados APFIPP
Empresas

Notícias relacionadas