BPI Brasil é o fundo português com maior rendibilidade a 10 anos


Com 12 anos e meio, este ano apresenta ainda uma rendibilidade de 4,05% a cinco anos, de 8,10% a três anos, de -6,13% desde início do ano e de 0,38% em 2012, segundo a mesma fonte.

A carteira do fundo é composta, em pouco mais de 60% por acções – sobretudo de grande e muito grande capitalização, e tem uma exposição de 7,47% a obrigações.

Por sectores, o de serviços financeiros é o mais representativo, correspondendo a 26,48% da carteira do fundo, onde constam títulos como Banco Bradesco, Banco Santander Brasil e Itaú Unibanco, entre outros. Seguem-se os sectores de recursos naturais (17,85%), com acções como a da Vale, e o de sector de consumo de cariz defensivo (16,12%), como a Companhia de Bebidas das Américas.

O valor sob gestão do fundo é de cerca de 130 milhões de euros.

Notícias relacionadas

O Mais Lido