Tags: Obrigações | Ações |

Bolsa encerra sessão a perder com toda a Europa em terreno negativo


“O índice português encerrou a sessão nos 5.700 pontos, a perder 1,77%, sendo o sector financeiro, uma vez mais, o principal responsável por esta descida”, refere José Barroso gestor de acções na Popular Gestão de Activos.

As congéneres europeias também fecharam a sessão de hoje em terreno negativo (Eurostoxx50, -2,14%, o Dax, -2,34%, o CAC, -2,35% e o IBEX35, -1,83%). “Este negativismo surgiu após a divulgação do crescimento económico chinês no primeiro trimestre de 2013, o qual foi de 7,7%, abaixo dos 8% que era o valor esperado pela maioria dos analistas, formando-se assim receios da existência de um abrandamento no crescimento económico mundial”, explica José Barroso.
 
O gestor do popular salienta, ainda, o Banco Espírito Santo que vê os seus títulos desvalorizados, 3,33% para os 0,754 euros, tendo perdido para o Sabadell a corrida para a compra do banco espanhol Gallego”.
 
No restante sector da banca as correcções marcaram presença, com o BCP que recuou 2,20% para os 0,089 euros, o BPI que perdeu 2,52% para os 0,969 euros e o Banif que recuou 1,77% para os 0,111 euros.
 
Entre as energéticas, a EDP e a EDP Renováveis desceram 0,08% e 3,43%, respectivamente, para 2,458 euros e 3,63 euros, tendo a Galp Energia caído 1,37% para 11,565 euros e a REN recuado 0,18% para 2,168 euros.
 
No sector das telecomunicações, a Sonaecom deslizou 1,87% para 1,629 euros e a Zon Multimédia perdeu 3,09% para 3,141 euros. A Portugal Telecom recuou 1,55% para os 3,82%.
 
A retalhista Jerónimo Martins registou uma queda de 2,06% para 15,665 euros e a Sonae desceu 2,19% para os 0,67 euros. A Semapa desliza 2,49% para os 6,857 euros.
 
José Barroso diz que “este pessimismo que está a atormentar os mercados desde a primeira sessão desta semana agravou-se hoje, ainda mais, com o rumor de que a notação financeira da Alemanha poderia vir a ser cortada, de acordo com a agência Bloomberg, o que penalizou as praças do Velho Continente”.
 
Por outro lado mas igualmente sem notícias positivas, os principais índices bolsistas dos EUA abriram em terreno negativo, consequência da apresentação dos resultados do Bank of America e do Yahoo! terem sido abaixo do esperado pelos analistas.
Empresas

O Mais Lido