Tags: Negócio |

BBVA Research coloca crescimento trimestral do PIB nos 0,3%


O banco espanhol estima que a economia portuguesa cresceu 0,3% no último trimestre de 2016, um valor inferior ao do trimestre anterior, já que o crescimento da economia portuguesa durante o terceiro trimestre de 2016 chegou aos 0,8% t/t. 

“Esta estimativa é resultado de indicadores de consumo que continuam a crescer, registos de exportação de bens que mostram um dinamismo algo menos intenso do que no terceiro trimestre e das importações que recuperam o crescimento”, pode ler-se no documento apresentado pelo BBVA Research. 

Consumo privado cresce

Os dados revelados no relatório mostram, entre outubro e novembro, uma tendência de crescimento do consumo privado, com variações médias próximas dos 3,7% a/a. “O indicador coincidente de consumo privado manteve também o seu crescimento interanual próximo aos 2% na média desses dois meses”, pode ler-se no documento.

Quanto ao indicador de confiança do consumidor - em saldo negativo nos últimos meses – reduziu o seu valor de -12,6 pontos até aos -7,7.

grafico_consumo

Já as exportações de bens moderaram o seu crescimento, depois do forte incremento no trimestre anterior, os dados agora apresentados revelam um ritmo menor do crescimento das exportações.

Por sua vez, o turismo segue a tendência crescente, “com a chegada de mais de 1,8 e 1,1 milhões de turistas em outubro e novembro respetivamente, o que supõe mais 12,7% por comparação ao período homologo de 2015 em ambos os casos”.

Queda de empregabilidade, mas taxa de desemprego reduziu

A empregabilidade caiu em novembro (-0,1% m/m), contrariando a tendência decrescente da taxa de desemprego. “Apesar disto, a população desempregada mostra melhorias, com quedas mensais próximas aos 2% tanto em outubro como em novembro, o que permitiu reduzir a taxa de desemprego desde os 10,9% de setembro até aos 10,5% em novembro”, revela o documento do Observatório Económico Portugal.

grafico_emprego

A confirmar-se o cenário traçado pelo relatório agora revelado, o crescimento médio da economia portuguesa para 2016 poderá situar-se nos 1,2%, um valor superior ao previsto pelo BBVA Research em novembro (1,0%).

 

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente