Tags: Alternativos |

Banif Renda Habitação tem 53 fracções habitacionais no valor de 18 milhões


O Renda Habitação,  que tem em carteira 53 fracções habitacionais, no valor de 18 milhões de euros, e acredita que dadas as condições do mercado é provável um aumento doa activos geridos.

Considerando que o objectivo dos FIIAH "visava estimular o mercado de arrendamento e oferecer aos detentores de empréstimos à habitação uma forma de venderem os seus imóveis, como forma de reduzir os encargos familiares, podemos considerar que o balanço é positivo", refere fonte do Banif à Funds People Portugal.

Já do ponto de vista de vista dos participantes deste tipo de fundo, assim como da maturidade deste produto (2020), a instituição financeira considera que é ainda é prematuro fazer uma avaliação, "não deixando de reconhecer vantagens na disponibilização destes veículos".

A carteira do Banif Renda Habitação FIIAH integra 53 fracções habitacionais que, no final de Junho, estava valorizada em 18.006.476,52 euros, não existindo qualquer outra categoria de activo imobiliário.

Quanto à evolução da carteira no futuro, a mesma fonte salienta que, atentando "nas oportunidades que o mercado actual tem proporcionado aos investidores, e os níveis de níveis de rendibilidade associados, é natural que se registe um crescente volume dos activos geridos neste fundo".

Constituído em 2009, o Banif Renda Habitação ainda não registou qualquer exercício de opção de recompra, sendo ainda um "prazo relativamente reduzido para que se manifeste o exercício da referida opção".

Relativamente ao impacto que esta aposta teve na actividade do banco, o Banif destaca "a possibilidade de passar a dispor de uma estrutura profissional totalmente dedicada à gestão operacional do património, permitindo reduzir a estrutura e a carga administrativa afecta a esta actividade 'non-core', aumentando os níveis de controlo administrativo e valorativo dos seus patrimónios".

Empresas

Notícias relacionadas