Banco Santander nomeia António Simões como responsável regional da Europa


O Banco Santander incorpora António Simões como responsável regional da Europa. Simões vai juntar-se ao banco no próximo dia 1 de setembro, sujeito a aprovação das autoridades regulatórias, e terá a responsabilidade da gestão e supervisão dos negócios do grupo na Europa. Os country heads de Portugal, Espanha, Reino Unido e Polónia vão reportar-lhe diretamente. Será ainda co-responsável na Europa pela área de Corporate & Investment Banking, Wealth Management & Insurance, juntamente com os responsáveis globais.

Simões fará parte do comité de direção do grupo e reportará ao CEO José Antonio Álvarez. Simões provém da HSBC, onde liderou várias unidades de negócio nos últimos 13 anos em Londres e Hong Kong. Até agora, era responsável de Banca Privada Global e, anteriormente, CEO do Reino Unido e Europa continental. Antes de ingressar na HSBC, foi sócio da McKinsey & Company em Londres e também trabalhou na Goldman Sachs.

António Simões vai ocupar o cargo deixado por Gerry Byrne, que decidiu reformar-se no início de 2021 após uma longa trajetória de quase 50 anos na banca. Byrne juntou-se ao grupo Santander em 2011 como presidente do conselho supervisor do Bank Zachodni WBK. Desde então desempenhou um papel importante no desenvolvimento do Santander Bank Polska.

O banco espanhol criou no ano passado a estrutura organizativa regional para “suportar e acelerar a sua estratégia e impulsionar a agilidade e a colaboração, além de procurar fórmulas para tirar o máximo proveito das capacidades do grupo nos países e negócios globais”, destaca. Sergio Rial, CEO do Santander Brasil, e Héctor Grisi, CEO do Santander México, dirigem as regiões da América do Sul e América do Norte, respetivamente. Os responsáveis de país continuam a ser os principais representantes do grupo em cada mercado.

Notícias relacionadas

O Mais Lido