Banco Comercial Português com maior crescimento na comercialização de fundos estrangeiros


Poucas novidades em fecho de ano no que toca à comercialização de OICVM estrangeiros por entidades nacionais: em número de fundos o Banco Best continua líder de mercado, com os 91 SICAV que disponibiliza, enquanto que em volume de ativos distribuídos é o ABANCA que domina, com mais de 1.500 milhões de euros comercializados, conta a CMVM nos seus últimos indicadores trimestrais da gestão de ativos.  

Captura_de_ecra__2020-02-17__a_s_16

Fonte: CMVM 

O ABANCA, que adquiriu as operações do Deutsche Bank em Portugal em junho, e mais recentemente assinou também o acordo de compra do EuroBic, fechou 2019 com chave de ouro: a quota de mercado cresceu trimestralmente e situa-se agora nos 33,2%, isto à boleia de um crescimento nos valores comercializados, que se incrementaram 85 milhões de euros nos últimos três meses do ano.

Captura_de_ecra__2020-02-17__a_s_16
Fonte: CMVM 

Destaque dever ser feito também ao Banco Comercial Português. Aquela que é a quarta entidade com maior quota de mercado, com 9,6%, terminou o ano com uma variação absoluta de 115,9 milhões de euros, o que se traduziu em 1,44 pontos percentuais de incremento.

Em termos anuais, destaque para mais duas entidades. Por um lado, o Santander Totta  que no ano avançou 0,96 pontos percentuais, o equivalente a 94,3 milhões de euros; por outro, o Novo Banco, que no ano cresceu 1,25 pontos percentuais, que corresponderam a 74,4 milhões de euros.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido