Tags: Negócio |

Banco Carregosa expande área de negócio a novo segmento de clientes


O Banco Carregosa acaba de anunciar ao mercado algumas novidades. Em comunicado, a instituição bancária com origem no Porto revela o surgimento de “uma nova área de negócio que envolveu a criação de uma imagem nova, equipas dedicadas e instalações para clientes exclusivas”, tendo ainda o site sido reformulado.

Segundo a mesma informação do Banco “esta expansão de atividade destina-se a dar uma melhor resposta à procura por parte de clientes que, não se enquadrando no conceito de banca privada, revelam potencial de poupança e investimento, além de passar a servir melhor um segmento emergente, com forte propensão tecnológica”.

Para a Presidente do Conselho de Administração do Banco Carregosa, Maria Cândida Rocha e Silva, é-lhe “particularmente grato e compensador verificar que o Banco Carregosa expande a sua atividade, alarga a sua base de clientes e aperfeiçoa a qualidade de atendimento. A casa Carregosa, que existe desde 1833, dá mais um passo no sentido de aumentar a confiança dos seus clientes, reforçando a sua sustentabilidade.”

Neste segmento novo, o Banco Carregosa estima atingir 150 milhões de euros em ativos sob supervisão só neste segmento.

Foco na Banca Privada mantém-se

Para lá deste crescimento orgânico, a entidade continua focada no seu segmento de banca privada. Francisco Oliveira Fernandes, Presidente da Comissão Executiva, realça que “o Banco mantém o seu posicionamento, focado nos segmentos de particulares de elevado património, alargado agora aos particulares com potencial de poupança/investimento”. Expressa ainda a vontade de terem “relação de forte proximidade com esses clientes, capitalizando um saber fazer desenvolvido no seio da banca privada, combinado com a conveniência e modernidade do serviço de banca online que adotava a marca GoBulling”.

No Porto, as novas instalações para clientes deste novo segmento ficam localizadas na Rua Guerra Junqueiro, a escassos 100 metros da sede do Banco na Avenida da Boavista, e, em Lisboa, na Rua Latino Coelho.

Empresas