Tags: Negócio |

Banco BPI passa para as mãos do CaixaBank


Fumo branco! A partir de agora o Banco BPI passa a ser detido em 84,51% pelo CaixaBank. Estes foram os resultados da OPA que foram conhecidos na tarde de quarta-feira, dia 8 de fevereiro.

Treze anos depois, Fernando Ulrich deixa de ser CEO do Banco BPI, passando agora a desempenhar as funções de Chairman. Para o seu lugar vai Pablo Forero, diretor-geral do CaixaBank, que integra o grupo espanhol desde 2009. Pablo Forero, no seu currículo, conta com uma passagem por responsável da direcção do JPMorgan Asset Management. Além de Pablo Forero, a comissão executiva vai continuar a contar com José Pena do Amaral, Pedro Barreto e João Oliveira e Costa e ainda com Francisco Manuel Barbeira, Alexandre Lucena e Vale e António Farinha de Morais, que já estavam no Banco BPI, e dois nomes espanhóis, Ignacio Alvarez Rendueles e Juan Ramon Fuertes.

Também o até agora Chairman, Artur Santos Silva, muda de funções. A partir de agora vai começar a ser o " presidente honorário do Banco BPI e presidente de uma nova comissão do conselho de administração dedicada à responsabilidade social", conforme revela o comunicado oficial da operação.

CaixaBank lidera mercado ibérico

Com esta OPA, o CaixaBank passa a liderar o mercado ibérico. Conforme o comunicado da entidade espanhola, a OPA fez-se com 645 milhões de euros. A partir de agora, o CaixaBank representa quase 565.000 milhões de euros em volume de negócio (créditos e recursos de clientes), com a quota de mercado a fixar-se acima dos 20% em termos de produtos de poupança a longo prazo (seguros e pensões), 18% dos fundos de investimento, 14% em créditos e 13% em depósitos.

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

Próximos eventos