Banco BiG lança cabazes de fundos previamente seleccionados pela equipa


O Banco BiG continua a inovar e, desta vez, em complementaridade com o ciclo de conferências sobre estratégias de investimento apresenta os Fund MiX que permitem a um cliente alocar o seu capital a um cabaz de fundos previamente seleccionados pela equipa do BiG.

Rui Broega definiu esta iniciativa como “um serviço e estratégia de longo prazo que é fruto do interesse demonstrado pelos clientes relativamente a aconselhamento sobre fundos de investimento”. A composição dos cabazes terá uma revisão trimestral o que garante uma constante diversificação na oferta de produtos que pretende ser a mais adequada aos objectivos dos clientes e enquadramento macroeconómico.

O Fund MiX inclui um compartimento com ideias temáticas de investimento cuja alocação é da responsabilidade da equipa de gestão de activos do BiG, explica Rui Broega. Presentemente, os cabazes oferecidos neste âmbito são o Fund Mix Acções Blue-Chips, Fund Mix Acções Dividendo, Fund Mix Acções Europa e Fund Mix Gestão Flexível ainda que brevemente a oferta será alargada com a inclusão de novas temáticas. Estes cabazes incluem fundos das diversas sociedades gestoras internacionais que constam da plataforma de fundos BiG.

Por outro lado, existem os Fund MiX Entidade onde as sociedades gestoras internacionais foram convidadas a construir um cabaz com alocações entre três e quatro fundos próprios de forma a oferecer um bom retorno e diversificação aos clientes deste “supermercado” de fundos. No momento já estão disponíveis as alocações da Amundi, Pioneer, Invesco e Fidelity”, acrescenta o director da gestão de activos do BiG.

Os Fund MiX estão acessíveis a investidores com um investimento mínimo é de 4.000 euros, sendo que, apesar de existirem revisões da alocação, para os investimentos já realizados não existem balanceamentos periódicos. Este serviço vem, naturalmente, em linha “com o que já oferecemos no Fund Advisor, embora nesse a proximidade e acompanhamento do cliente seja superior”, disse Rui Broega. Contudo, esta iniciativa “mostra o nosso empenho na formação financeira dos nossos clientes e colaboradores das agências, além da inovação e diversificação da oferta”, acrescentou.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente