Tags: Negócio |

Banco Best incrementa em 11% o volume global em fundos de investimento disponibilizados


O ano de 2017 terminou para o Banco Best com um resultado líquido positivo de 3 milhões de euros. Segundo o que é reportado em comunicado, os ativos sob gestão da entidade ultrapassaram os 2,1 mil milhões de euros, resultado que foi acompanhado do crescimento dos depósitos de clientes em 12%, do crédito em 17% e ainda pela obtenção do rácio Core Tier 1 de 34%. A liquidez do Banco Best apresentou-se também com um nível muito elevado, “com um rácio de transformação de depósitos em crédito de 32%, mantendo-se, assim, este indicador ao nível dos melhores do mercado nacional”.

A área de fundos de investimento é outra das assinaladas em comunicado. Segundo o referido, destaca-se o “crescimento dos fundos de investimento, que se situou nos 11%, tendo o volume global ultrapassado os 911 milhões de euros”. O mesmo documento indica que esta evolução “reflete o caráter independente e muito diversificado de oferta, bem como uma forte dinâmica de inovação, em linha com as tendências de investimento internacionais mais atuais, como presentemente acontece com os temas ligados à robótica e à inteligência artificial”.  

É neste contexto que da entidade salientam também “o lançamento em Portugal do 1.º fundo para investimento em tecnologias de inteligência artificial e do 1.º fundo gerido exclusivamente por inteligência artificial, que mereceu a distinção de “Financial Innovation” pela Euronext Lisbon Awards 2018”.

 

Empresas

Notícias relacionadas