Banco Best disponibiliza o primeiro fundo de investimento gerido por inteligência artificial


Pelas mãos do Banco Best acaba de chegar a Portugal o primeiro fundo de investimento gerido por inteligência artificial. Criado na Alemanha, o fundo ACATIS AI Global Equities, da Sociedade Gestora Acatis, é gerido, segundo o que a plataforma revela em comunicado, “sem intervenção do gestor no processo de tomada de decisão, desde a seleção de títulos até à ponderação de cada posição na carteira. Os passos são agora controlados por um robô”.

Segundo o mesmo documento, “as principais características do programa de Inteligência Artificial deste fundo incluem uma aprendizagem autodidática e uma detecção independente de padrões, capaz de se ajustar progressivamente ao ambiente de mercado e de seguir um horizonte temporal de longo prazo”. O universo de investimento parte de 4.000 ações, e a carteira do fundo é constituída por cerca de 50 ações.

Carlos Almeida, diretor de investimentos do Banco Best, lembra que “os modelos de aprendizagem do robô funcionam de maneira similar aos de um gestor, na medida em que estes aprendem a detetar de forma independente os padrões dos balanços das empresas, que logo aplicam aos novos dados”.

Acredita que “o acordo realizado com a Sociedade Gestora alemã Acatis, decorre do compromisso do Banco Best em disponibilizar novas soluções de investimento junto dos clientes e, ao mesmo tempo, reforçar e complementar a oferta de produtos em torno da temática da Inteligência Artificial”. Os clientes do Banco Best, segundo o profissional, “para além de investirem em empresas que beneficiam do incremento da utilização da Inteligência Artificial”, passam agora também a poder aceder a um fundo “cujo processo de seleção de ações assenta na Inteligência Artificial, independentemente da área geográfica ou do sector de atividade".

 

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido