Tags: Obrigações | Ações |

Banca e PT arrastam PSI 20 para queda de quase 1%


 

Entre as principais congéneres da bolsa portuguesa, as perdas oscilaram entre  0,41% de Frankfurt e 1,0% de Madrid, após a Alcoa ter revisto em baixa as previsões para a procura global de alumínio e com os investidores preocupados com a evolução da economia.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 deslizou 0,95% para 5.310,47 pontos, com 14 títulos negativos, cinco positivos e a REN a fechar inalterada em 2,0 euros. Entre os títulos do sector energético, a EDP recuou 1,28% para 2,077 euros e a EDP Renováveis deslizou 0,55% para 3,59 euros, enquanto a Galp Energia subiu 0,9% para 12,855 euros, travando um maior queda do índice. No mesmo sentido referência para a Jerónimo Martins, que fechou a subir 0,88% para 13,8 euros.

No área de TMT, a Zon Multimédia foi a excepção, somando 2,272euros, numa sessão em que a Sonaecom deslizou 1,23% para 1,37 euros e a Portugal Telecom  caiu 3,68% para 3,795 euros, no dia em que emitiu dívida a cinco anos e meio nos mercados.

Para o sector financeiro, o dia foi negativo, com BES a desvalorizar 5,06% para 0,638 euros,  BCP a perder 2,74% para 0,071 euros, BPI a recuar 1,51% para 0,847 euros, Banif a descer 2,23% para 0,175 euros e o ESFG a fechar com uma queda de 0,73% para 5,42 euros.