Tags: Obrigações |

AXA WF Emerging Markets Short Duration Bonds: Abordagem de retorno total


A entidade gestora AXA IM disponibilizou a seguinte informação acerca do fundo AXA WF Emerging Markets Short Duration Bonds, classificado com o selo Blockbuster pela Funds People:

Breve descrição do fundo

O fundo AXA WF Emerging Markets Short Duration Bonds tem como alvo, investimentos em títulos de curta duração, com um foco principal em dívida cambial forte. O fundo tem a capacidade de investir em dívida soberanas e corporativas para capturar as yields atrativas disponibilizadas nos mercados emergentes, à medida que pretende minimizar a volatilidade para gerar retornos ajustados ao risco atrativos.

Principais diferenças face a produtos semelhantes no mercado

O fundo aloca um montante significativo de capital a crédito corporativo e deteve historicamente uma alocação significativa de cerca de 70% nesta parte do universo de investimento. Acreditamos que isto fornece aos investidores um conjunto de oportunidades significativamente melhorado para diversificar a carteira e extrair alfa.

O nosso fundo segue uma abordagem de retorno total, que significa que este fundo é unconstrained por um benchmark, permitindo aos gestores de carteiras ter uma abordagem baseada em convicção à construção do portfolio e expressar completamente as nossas perspetivas de investimento.

O fundo é um fundo long-only que investe puramente em obrigações de curta duração, em vez de usar derivados para reduzir artificialmente a duração. Isto permite aos gestores de carteiras deterem oportunisticamente títulos de elevada convicção a maturidade. A natureza de curta duração também fornece uma visibilidade mais nítida dos fluxos de caixa e, assim, maior certeza do resultado para os investidores.

Objetivo de investimento

Para procurar performance, em USD, numa carteira de títulos de dívida emergente de curta duração gerida ativamente. O fundo não tem objetivos esperados de volatilidade e de retorno.

Restrições de investimento

Qualidade de emissores

Não há limites em termos de qualidade de crédito.

Geográficas

Não há limites em termos de exposição geográfica.

Setoriais

Não há limites em termos de exposição setorial. O fundo tem um limite de 15% em investimentos em moeda local, embora o fundo tenha sempre como alvo uma exposição 0%.

Intervalos de duração

A duração média do fundo está prevista ser de três anos ou menos, historicamente, a duração variou entre 2,15 e 2,90 anos.

Benchmark e tracking error

O fundo segue uma abordagem de retorno total e, por isso, não é gerido relativamente a um benchmark.

Número de títulos e rotatividade

O fundo tem normalmente entre 100-150 títulos em média. O fundo tinha 138 títulos no dia 30 de abril 2018. A rotatividade média durante os últimos três anos tem sido de 35,3%.

Política de risco

A gestão de risco sistemática diária é da responsabilidade dos gestores de carteiras que monitorizam especificamente as restrições de carteira, indicadores de risco e risco de mercado e de liquidez com a ajuda de várias ferramentas.

Os nossos gestores de carteiras de Obrigações são apoiados pelo Portfolio Engineering Group na calibração e alocação de riscos ativos dentro dos portfolios. A equipa pretende quantificar os riscos associados a cada estratégia ativa antes destas estratégias serem implementadas nas carteiras, para contribuir para a construção de carteira individual trabalhando juntamente com os gestores de carteiras (calibração de carteiras) e para otimizar a alocação de orçamento de risco para cada portfolio enquanto se tem em conta restrições específicas (restrições de clientes, regulatórias, etc). As suas recomendações desempenham um papel essencial na certificação de que as características de risco/recompensa dos nossos portfolios sejam otimizadas.

Política de liquidez

Pretendemos manter-nos em instrumentos líquidos para manter a nossa exposição a ME líquida e evitar sermos comprimidos pelo mercado durante um possível downturn. O fundo só investe em obrigações de mercado emergente corporativas e soberanas de moedas fortes. Prescrevemos um tamanho mínimo de emissão de 300 milhões de dólares e também são cientes de que o montante de obrigações disponível para assegurar que os investimentos são apenas feitos em emissões mais líquidas dentro da classe de ativo de mercados emergentes. Isto permite-nos refletir totalmente em níveis de convicção nos nossos títulos, bem como limitar qualquer impacto de quaisquer cenários de liquidez de mercado negativos. Não investimos em colocações privadas e tentamos evitar todas as questões principais únicas para assegurar liquidez de mercado secundária.

Sob condições de mercado normais, esperamos que a maioria dos títulos de obrigações na carteira possam ser eliminados dentro de três a cinco dias úteis. Os nossos gestores de risco desempenham testes de liquidez muito regulares em relação a isto.

Cobertura cambial

A moeda base do fundo é o dólar norte-americano e o fundo não tem uma exposição cambial ativa. Toda a exposição cambial estrangeira é totalmente coberta usando forwards FX.

Uso de derivados

Conforme o Prospeto, a exposição máxima pode não exceder os 100% dos ativos líquidos. Na prática, os únicos derivados usados são forwards FW para fins de cobertura cambial, por isso, a alavancagem será nula.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido