Tags: Obrigações |

AXA IM FIIS Europe Short Duration High Yield fund: Geração de rendimentos consistente


A entidade gestora AXA IM disponibilizou a seguinte informação acerca do fundo AXA IM FIIS Europe Short Duration High Yield Fund, classificado com o selo Blockbuster pela Funds People:

AXA IM FIIS Europe Short Duration High Yield Fund

Breve descrição do fundo

O fundo AXA IM FIIS Europe Shor Duration High Yield foca-se na geração consistente de rendimento atual elevado ao investir em dívida não investment grade de melhor qualidade, denominada em moedas europeias de empresas com fundamentais em melhoria. A estratégia pretende reduzir a volatilidade de crédito ao investir em obrigações que têm um prazo expectável de reembolso de três anos ou menos, que procura produzir retornos ajustados ao risco superiores.

Principais diferenças face a produtos semelhantes no mercado

  • Temos um default record extremamente baixo durante um longo período em relação à maioria dos peers no universo de high yield, uma prova clara do valor acrescentado significativo do nosso research de crédito rigoroso. O processo de investimento foca-se nessas empresas que têm maior probabilidade de pagar juros e capital atempadamente. Daí, a nossa experiência de default e dívida distressed ser excecionalmente baixa.
  • A AXA IM tem cerca de 22 mil milhões de euros em high yield AUM a nível global (no dia 31 de janeiro 2018). Este tamanho significativo assegura-nos o estado de Tier 1 com contrapartes. Temos gerido fundos de high yield europeus desde 1999 e fundos de high yield norte-americanos desde 2001.
  • O fundo aloca um montante significativo de capital em obrigações resgatáveis para capturar a aceleração da yield que normalmente eles oferecem, uma vez que a yield-to-call é normalmente mais elevado do que yields de obrigações não resgatáveis de curta duração. Ações corporativas (“calling the bonds”) também fornecem ao fundo uma rotatividade natural.

Objetivo de investimento

Para alcançar rendimentos altamente atrativos ao investir em títulos de dívida high yield denominados numa moeda europeia. O fundo não tem objetivos de volatilidade e de retorno esperados.

Restrições de investimento:

Qualidade de emissores:

  • Não há limites em termos de qualidade de crédito.

Geográficas

  • Não há limites em termos de exposição geográfica.

Setoriais

  • Máximo de 20% por setor de acordo com a classificação do setor nível 3 ICE BofA Merrill Lynch.

Intervalos de duração

A duração média do fundo está prevista ser de três anos ou menos. Historicamente, a duração variou entre os 1,01 e 2,15 anos.

Benchmark e tracking error

O fundo permite uma abordagem de retorno total e não é gerido relativamente a um benchmark.

Número de títulos e rotatividade

O fundo tem normalmente entre 150-250 títulos em média. O fundo tinha 141 títulos no dia 30 de abril 2018. A rotatividade média durante os últimos três anos tem sido de 19,4%.

Política de risco

A gestão de risco sistemática diária é da responsabilidade dos gestores de carteira que monitorizam especificamente restrições da carteira, indicadores de risco, risco de liquidez e de mercado com a ajuda de várias ferramentas.

Os nossos gestores de carteiras obrigacionistas são apoiados pelo Portfolio Engineering Group na calibração e alocação ativa de riscos dentro dos portfolios. A equipa pretende quantificar os riscos associados a cada estratégia ativa antes destas estratégias ativas serem implementadas nas carteiras, para contribuir para a construção do portfolio individual trabalhando juntamente com os gestores de carteiras (calibração de portfolios) e para otimizar a alocação do orçamento de risco para cada carteira ao mesmo tempo que têm em conta restrições específicas (restrições de clientes, regulatórias, etc.). As suas recomendações desempenham um papel importante na certificação da otimização das características risco/recompensa das nossas carteiras.

Política de liquidez

Consideramos que 0% do fundo é ilíquido. Embora investamos em emissões de todos os tamanhos, temos como alvo o investimento em títulos onde o tamanho da emissão é de 150 milhões de dólares e superior. Isto dá-nos melhor liquidez se sentirmos a necessidade de sair de uma posição.

O fundo pretende deter entre 150 e 250 títulos. Para controlar o risco de liquidez, restringimos os nossos investimentos normalmente a menos de 3% da carteira num emissor individual e exceder raramente 1,5% em qualquer título. Nivelamos frequentemente para uma posição ao começar com uma exposição de 0,3% e vamos aumentando para uma posição “completa” durante um período de tempo. Para manter um nível adequado de liquidez na carteira, os gestores de carteiras também podem restringir ainda mais o tamanho das posições das carteiras baseando-se na sua avaliação da liquidez relativa de cada título individual.

Para alcançar isto, os gestores de carteiras trabalham intimamente com a nossa equipa de trading para avaliar cuidadosamente a liquidez de cada título antes de ser acrescentado ao portfolio e continuam a monitorizar isto em todo o período de retenção. Os fatores que observamos incluem o volume de transações médio e o tamanho de transações individuais, o número de brokers que transacionam o título e o tamanho do título. Além disso, a porção de curta duração do mercado de high yield representa os títulos mais líquidos dentro do high yield.

Cobertura cambial

A moeda base do fundo é o euro e o fundo não tem uma exposição cambial ativa. Todas as exposições cambiais estrangeiras são totalmente cobertas usando forwards FX.

Uso de derivados

Conforme o prospeto, a exposição máxima pode não exceder 100% dos ativos líquidos. Na prática, os únicos derivados usados são os forwards FX para fins de cobertura cambial, assim, não irá existir alavancagem.

Empresas

Notícias relacionadas