Tags: Negócio |

Aumento da volatilidade associada às estratégias mais resgatadas em fevereiro


O panorama de estratégias mais resgatadas no mês de fevereiro não foi imune ao aumento de volatilidade nos mercados. Ainda que alguns dos fundos de ações tenham resistido a este contexto, mantendo-se no topo das preferências dos clientes do ActivoBank e do Banco Best, alguns produtos multiativos e de obrigações parecem não ter conseguido “navegar” durante este período.

Do lado dos clientes do ActivoBank, as estratégias mais resgatadas recaíram sobre produtos focados no universo de pequenas e médias empresas. Rui Olo, responsável na direção de marketing pelos produtos e investimento da entidade, refere que a justificação por detrás desta dinâmica tem que ver com “a maior volatilidade destas estratégias e a perceção dos investidores que, em alguns casos, podemos estar já perante valorizações excessivas”.

No caso dos clientes do Banco Best, os resgates verificaram-se em fundos de obrigações, “que têm registado alguma dificuldade nos últimos meses face a alguma subida das taxas de juro”, destaca Rui Castro Pacheco, diretor adjunto de investimentos. Os fundos multiativos conservadores estiveram também entre as estratégias mais resgatadas, uma vez que “tiveram dificuldade em manter algum controlo da volatilidade”. Rui Castro Pacheco refere, ainda, que “estas duas categorias de fundos estavam a ser utilizadas por alguns investidores relativamente conservadores na procura de retorno, o que levou a que alguns não suportassem este período mais difícil, tendo optado pelo resgate das suas posições”.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente