Ativos recorde em fundos mobiliários portugueses e mexidas no trio líder de mercado


Em agosto de 2020, o valor sob gestão em fundos de investimento domiciliados em Portugal ultrapassou os 13 mil milhões de euros (13.096,8 mil milhões), o que representa um valor recorde no mercado português e uma subida na ordem dos 2,7% face ao mês anterior. O valor sob gestão nos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários (OICVM) totalizou 12.772,1 milhões de euros, mais 337,8 milhões (2,7%) do que em julho enquanto que nos organismos de investimento alternativo (OIA), o valor mensal sob gestão cresceu 0,8% para 324,8 milhões de euros.

(Clique na imagem para aumentar)

Screenshot_2020-09-17_100711

Entidades em destaque

As sociedades gestoras com as maiores quotas de mercado no mês eram a Caixa Gestão de Ativos (33,7%), a IM Gestão de Ativos (19,8%) e a BPI Gestão de Ativos (19,2%), o que representa uma mudança no top 3 face ao mês anterior, com a IMGA a ultrapassar a BPI AM em quota de mercado em fundos mobiliários domiciliados em Portugal. 

Sobre este facto, o CEO da IMGA, Emanuel Silva, comenta, em comunicado, que foi “particularmente gratificante num ano atípico que obrigou a um trabalho redobrado e de elevado grau de dedicação por parte de todas as equipas e distribuidores dos fundos de investimento geridos pela sociedade, os quais registaram movimentos de volatilidade histórica e que foram recuperando as rendibilidades ao longo dos últimos meses”. 

 

(Clique na imagem para aumentar)

Screenshot_2020-09-17_102914

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido