Ativos distribuídos pelo Millennium bcp superam os 4 mil milhões de euros


Com resultados líquidos de 35,3 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, o Millennium bcp viu os seus resultados serem influenciados por provisões relativas ao Covid-19 na ordem dos 78,8 milhões de euros. No entanto, a instituição financeira dá conta de um crescimento dos volumes de negócios, bem como um número de mais de 5,6 milhões de clientes, destacando-se a expansão da base de clientes mobile: +37% para cerca de 2,3 milhões de clientes. 

No mesmo período e ao nível consolidado do grupo verificou-se um crescimento dos recursos totais de clientes na ordem dos 6,2%, muito embora os recursos fora de balanço tenham contribuído negativamente para essa evolução, contraindo 2,2%. Nos documentos da demonstração de resultados trimestral o banco aponta a que a redução dos recursos fora de balanço, nomeadamente dos ativos sob gestão e dos seguros de poupança e de investimento, reflete, "em grande parte, a perda de valor dos ativos na sequência da pandemia provocada pelo vírus COVID-19 nos mercados financeiros e na economia mundial." De notar que o volume de ativos distribuídos cresceu 5.9% no período em questão, superando os 4 mil milhões de euros.  

BCPP

De realçar também a evolução positiva das comissões cobradas, incluindo as de gestão de ativos, que crescerem 6,7% para os 12.3 milhões de euros. 

BCPP_2

 

 

 

Notícias relacionadas

O Mais Lido