Tags: Negócio | Consultoria |

‘Asset management’ e ‘private banking’ do BCP com lucro de 8 milhões


O segmento de ‘asset management’ e ‘private banking’ do BCP terminou os primeiros nove meses deste ano com um resultado líquido positivo de 7,95 milhões de euros, de acordo com o relatório e contas do terceiro trimestre, divulgado ontem. No período homólogo de 2011, esta área tinha registado um prejuízo de 48 milhões de euros.

Até Setembro, este foi um dos dois segmentos, num total de cinco, que teve lucro; o outro foi o de negócios no exterior, com 60,52 milhões de euros, um montante em queda face aos 116,3 milhões dos primeiros nove meses do ano passado, segundo consta nas notas às demonstrações financeiras, sobre a reconciliação do resultado líquido dos segmentos relatáveis com o resultado líquido do grupo.

Quanto às restantes áreas, a de retalho em Portugal teve um prejuízo de 65,46 milhões de euros, o que representa uma redução comparativamente com os 98,62 milhões homólogos; a de empresas um resultado líquido negativo de 34,9 milhões, contra -5,46 milhões entre Janeiro e Setembro de 2011; e a de ‘corporate’ e banca de investimento um prejuízo de 24,6 milhões, o que compara com um lucro de 60,4 milhões no período homólogo.

O BCP teve um prejuízo consolidado de 796,3 milhões de euros até Setembro, contra um resultado líquido positivo de 97,6 milhões nos primeiros nove meses do ano passado. A penalizar o resultado estiveram as “imparidades e provisões constituídas na actividade em Portugal nos primeiros nove meses de 2012, no montante de 813,0 milhões de euros, e o registo de imparidades para perdas estimadas e pelo resultado líquido negativo gerado na operação na Grécia, no montante global de 531,6 milhões de euros”, segundo o comunicado divulgação de resultados.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido