Tags: Alternativos |

As sociedades gestoras de fundos imobiliários com maior crescimento no último trimestre


Conforme já referimos, o primeiro trimestre de 2017 registou, segundo dados do relatório trimestral da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património, um crescimento de 1,3% no que diz respeito ao valor líquido global dos fundos imobiliários. Assim, recorrendo a dados do final de março da APFIPP, importa agora analisar o crescimento do valor líquido sob gestão das sociedades gestoras de fundos de investimento imobiliário tanto no último trimestre, como no último ano.

Entidades com maior taxa de crescimento trimestral

No primeiro trimestre deste ano, a LYNX Asset Managers apresenta uma taxa de crescimento de 20,59%, sendo a entidade com maior crescimento percentual. No período em questão, o valor em carteira da entidade ascende a 71,3 milhões de euros.

O segundo melhor registo pertence à Gesfimo, com uma taxa de crescimento trimestral de 16,95% no final de março. A entidade apresenta, ainda, um valor líquido sob gestão de 172,6 milhões de euros, detendo uma quota de mercado de 1,62%.

A distância entre o segundo e o terceiro é maior, uma vez que a entidade gestora com o terceiro maior crescimento, registou uma taxa de crescimento trimestral de 4,61%. Falamos da Square Asset Management, uma entidade que detém 8,27% de quota de mercado e um valor em carteira de 881,9 milhões de euros, segundo os dados da Associação.

Com 4,36% e 4,27%, respetivamente, surgem a Gef e a Vila Galé Gest. As entidades registaram um crescimento trimestral bastante semelhante, ainda que a primeira apresente uma quota de mercado de 2,37% e a segunda detenha apenas 0,41%. De facto, o valor em carteira também é bastante diferente. Por um lado, o valor líquido sob gestão da Gef ascendeu a 252,1 milhões de euros no período em questão, e por outro, a Vila Galé Gest detinha um valor em carteira de 43,5 milhões de euros, no período. 

Com uma taxa de crescimento trimestral superior a 3% surge a TDF. A entidade registou, no período em questão, um crescimento de 3,37%, e apresentava um valor em carteira de 85,1 milhões de euros, no final de março.

Entidades com maior crescimento trimestral

Captura_de_ecra__2017-05-29__a_s_16

Fonte: APFIPP, março de 2017

E a um ano?

Se o período em análise for alargado para os últimos doze meses, o panorama revela algumas alterações. Desta forma, a LYNX Asset Managers mantém-se como a entidade com maior crescimento anual percentual. Isto porque nos últimos doze meses a entidade registou uma taxa de crescimento de 34%, passando de um valor em carteira de 53,4 milhões de euros em março do ano passado, para os 71,3 milhões de euros no final de março de 2017.

Por outro lado, o segundo lugar encontra-se dividido. Assim, duas entidades apresentam a mesma taxa de crescimento anual: 24%. Falamos da Norfin e da Silvip, duas entidades com preponderância diferente no mercado dos fundos imobiliários. A Norfin, segundo dados da APFIPP, detém a terceira maior quota de mercado – 12,03% - e um total de valor em carteira de 1.282,2 milhões de euros. A Silvip, por sua vez, detém um valor em carteira de 369,4 milhões de euros e uma quota de mercado de 3,47%.

O quarto posto é ocupado pela TF Turismo Fundos, uma entidade cujos fundos de investimento têm o objetivo, segundo a própria entidade, de fortalecer a competitividade do turismo nacional. Assim, no período em questão a gestora registou uma taxa de crescimento anual de 19%, passando de um valor em carteira de 124,8 milhões de euros, para 148,3 milhões de euros.

Por fim, destaque para a GNB – S.G.F.I.I.l., que apresenta uma taxa de crescimento anual de 14%. Na verdade, esta é, segundo dados da APFIPP, a entidade gestora com maior quota de mercado: 13,24%. Por outro lado, o valor em carteira no final de março ascendia a 1 411 milhões de euros, o que contrasta com os 1 238,9 milhões de euros no final de março de 2016.

Captura_de_ecra__2017-05-29__a_s_16

Fonte: APFIPP, março de 2017

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido