Tags: Multiativos |

As novidades nos fundos de alocação domiciliados no Luxemburgo


Depois das ações e as obrigações, é a vez de lhe mostrarmos o panorama nos fundos de alocação de entidades nacionais domiciliados no Luxemburgo.

Uma lista que se incrementou com dois fundos do Haitong AM: o White Fleet III Haitong Agrsv  e o White Fleet III Haitong Flex, e que apresentam, desde o seu lançamento, um retorno de 14,19% e 8,90%, respetivamente.

Numa recente entrevista à Funds People Portugal, Fernando Castro Solla, head of asset management , recordava que  o Haitong Flexible e o Haitong Aggressive  são duas estratégias com um longo track record, iniciado em 2002, ou seja, através de carteiras de investimento. “Tratam-se de estratégias que são muito semelhantes na alocação de ativos em equity, mas diferem porque o flexível pode ter exposição de 0 a 100% a ações, e o agressivo investe 100% em ações”, referia.

Por ordem de antiguidade, encontramos o BPI GIF Universal I. O fundo pertencente ao  Caixabank Asset Management Luxembourg tem praça assente no Luxemburgo desde 2005 e com mais de 20 milhões de euros de ativos sob gestão entrega desde o início do ano um retorno de 4,69%. Dados da Morningstar mostram que o fundo aloca uma extensa parte da carteira a Estados Unidos (41,74%), sendo o sector da saúde o mais sobreponderado (22,25%), a par do de materiais básicos (18,27%). Nas maiores posições em carteira estão o ETF IShares Eur GovtBdIdx e o fundo Parvest Bond Euro Government.

Neste campo dos fundos de alocação a marca GNB International Management coloca neste lote o fundo NB Trading Fund. Com o advisor do fundo entregue ao Haitong bank, o produto apresenta nos primeiros seis meses do ano um retorno de 5,26%. O fundo investe fundamentalmente em ações cotadas mas também em ETFs e fundos de investimento UCITs. Na página da Morningstar é indicado que nas maiores posições estão os seguintes produtos: o Lyxor Euro Overnight Return ETF Acc, o iShares € Ultrashort Bond ETF e o X Euro Stoxx 50 ETF.

Já com um fundo na lista das ações, a Atrium aloca no Luxemburgo outros dois fundos da mesma gama pertencentes a esta categoria em análise: o Atrium Portfolio Sicav - Quadrant A EUR e o Atrium Portfolio Sicav - Sextant A (EUR), que desde o início do ano apresentam 3,08% e 3,18% de retorno, respetivamente. Nas fichas mensais do produto disponibilizadas pela entidade é referido que o Quadrant apresenta 54,5% de alocação a obrigações, enquanto que no Sextant este peso é de 44,3%. Este último é mesmo o fundo mais robusto da lista com 155 milhões de euros de ativos sob gestão.

Por fim, referência ao fundo Incometric Dunas Patrimonio, da Dunas Capital. O fundo alcança nos seis primeiros meses do ano 4,22% de rentabilidade e nas principais posições em carteira estão, segundo as informações online da Morningstar, o investimento em dívida soberana italiana e norte-americana. 

Captura_de_ecra__2019-07-12__a_s_15

Fonte: Morningstar, junho
Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido