Tags: Negócio |

As mudanças de nome e as fusões do último trimestre do ano


No último trimestre do ano, no que diz respeito aos fundos de investimento mobiliário, ocorreram, de acordo com a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios, oito mudanças de denominação, três delas em fundos da responsabilidade da Dunas Capital - Gestão de Activos e as restantes da IM Gestão de Ativos. Veja abaixo a lista completa de alterações de denominação:

x

Fonte: APFIPP, dezembro 2017

Relativamente a fusões, é possível verificar que na Caixagest ocorreram duas fusões: o Caixagest Obrigações incorporou o Caixagest Curto Prazo, ficando o fundo com a mesma denominação do fundo incorporante; e o Caixagest Selecção Global Defensivo incorporou o Caixagest Estratégia Equilibrada, mantendo o nome do primeiro. Ambas as fusões ocorreram em dezembro do ano passado.

Na GNB Gestão de Ativos, o NB Acções América foi incorporado pelo NB Momentum, ficando com a denominação do último, enquanto o NB Renda Mensal e NB Capitalização se fundiram ao NB Tesouraria Ativa, ficando com o nome do fundo incorporante, em julho de 2017. No caso da Santander Asset Management, o Santander Select Defensivo incorporou o Santander Multiactivos 0-30 (manteve a denominação do primeiro) e o Santander Select Moderado incorporou o Santander Global e o Santander Multiativos 0-30 (ficando com a mesma denominação). Estas fusões ocorreram em setembro.

x

Fonte: APFIPP, dezembro 2017

Por último, nos fundos de investimento imobiliário, ocorreu apenas alteração na denominação, passando o Montepio Valor, gerido pela Finipredial, e ser denominado de Valor Prime. Não foram registadas quaisquer fusões.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido