As melhores rendibilidades a cinco anos nos fundos de pensões abertos


Observando a lista dos cinco fundos de pensões abertos com melhor rendibilidade - fornecida pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Património (APFIPP) - é possível perceber que há quatro fundos que registaram a mesma rendibilidade anualizada – de 6,6% – nos últimos cinco anos. No entanto, apenas dois deles assumem o mesmo perfil de risco (nível 4). É o caso do Optimize Capital Pensões Acções, fundo gerido pela Real Vida Pensões, com maior exposição a ações e com volume sob gestão 1,4 milhões de euros; e do Horizonte Acções, sob gestão da Ocidental Pensões, cuja carteira é constituída em mais de 50% por ações e com um volume sob gestão de 14,8 milhões de euros.

No entanto, o Multireforma Acções é o fundo que, com a mesma rendibilidade anualizada, assume maior risco (nível 5), segundo a APFIPP. O fundo, gerido pela GNB Gestão de Ativos, tem 10,5 milhões de euros de volume sob gestão. Na ficha mensal de outubro, Pedro Barata, gestor do fundo, refere a exposição ao sector da tecnologia e das matérias primas como benéfica, tendo a decisão do BCE de manter as taxas de juro inalteradas, anunciando uma redução no ritmo de compra de ativos para o próximo ano, indo "de encontro às expetativas do mercado".

O Aberto Protecção 2020 é o último fundo com uma rendibilidade de 6,6% nos últimos cinco anos, assumindo o nível de risco mais baixo (3) em relação aos restantes. Este fundo, gerido pela BBVA Fundos, tem o maior volume sob gestão desta lista, um total de 23,8 milhões de euros. O património deste fundo, criado em 2005, é composto essencialmente por obrigações de emitentes públicos e privados.

O último fundo presente neste ranking das cinco melhores rendibilidades é Optimize Capital Pensões Equilibrado, também gerido pela Real Vida Pensões. Obteve 5,5% de rendibilidade anualizada a cinco anos, e classificado com um risco de nível 4, tendo em carteira 1,3 milhões de euros sob gestão. No caso deste fundo, existe uma exposição central de referência a ações de 25% e de 65% a obrigações.

Confira a lista dos cinco fundos com melhor rendibilidade nos últimos cinco anos:

cx

Fonte: APFIPP, 31 de outubro de 2017.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas