Tags: Alternativos |

As maiores entidades gestoras de fundos imobiliários


O segmento de fundos imobiliários, em Portugal, geria um valor líquido sob gestão superior a 9.159 milhões de euros no final do mês de outubro, segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP. Se olharmos para os dados dos imóveis - onde se incluem, também, participações em Sociedades Imobiliárias e Unidades de Participação em Fundos de Investimento Imobiliário - o valor no final do décimo mês do ano ascendia a 10.270 milhões de euros. Em ambos os casos houve um decréscimo de setembro para outubro: no Valor Líquido sob gestão caiu 2,3% enquanto que no valor dos imóveis a descida foi de 1,9%.

Além de termos visto quais são os maiores fundos imobiliários nacionais, é hora de vermos as maiores gestoras imobiliárias nacionais, que são associadas na APFIPP. A entidade nacional que tinha o maior valor líquido sob gestão, no final de outubro, era a GNB Gestão de Ativos. Nessa data, o montante ascendia a 1.430 milhões de euros que estavam divididos por 33 fundos de investimento.

Acima dos mil milhões de euros ainda encontramos mais uma entidade. Trata-se da Interfundos, que gere quatro dezenas de produtos com um valor líquido total sob gestão de 1.362 milhões de euros. Apesar de ser a segunda maior entidade nesta rubrica, continua a dominar a lista se analisarmos as entidades com maior valor em imóveis, que supera os 1.516 milhões de euros.

Duas entidades com valor acima dos mil milhões em imóveis

Além da Interfundos, encontramos mais duas entidades com mais de mil mlhões de euros em imóveis, rubrica que contém participações em Sociedades Imobiliárias e Unidades de Participação em Fundos de Investimento Imobiliário. A segunda maior entidade é a GNB Gestão de Ativos com 1.496 milhões de euros, seguindo-se a Fundger com 1.021milhões de euros.

As entidades com maior valor líquido sob gestão

Captura_de_ecra__2016-12-6__a_s_15

Empresas

Notícias relacionadas