Tags: Alternativos |

As gestoras imobiliárias que gerem mais de 500 milhões de euros


Os fundos imobiliários têm sido um quebra-cabeças para o mercado, já que o valor em carteira tem vindo a decrescer consecutivamente. Por exemplo, o mês de maio trouxe o valor em carteira para o patamar mais baixo dos últimos cinco anos.

Segundo a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – os produtos que fazem parte deste segmento e cujas sociedades gestoras são associadas na APFIPP geriam, no final de maio, um valor de carteira de 9.695,7 milhões de euros. Recorde-se que este valor é apenas representativo do mercado em 89,31%, já que nem todas as gestoras imobiliárias são associadas na APFIPP.

Trio de ataque

Existem três entidades que se destacam nesta lista, por apresentarem um valor líquido sob gestão superior a mil milhões de euros. A liderança é ocupada pela Interfundos que tinha, no final de maio, mais de 1.353 milhões de euros em valor em carteira. A gestora tinha, sob sua responsabilidade, 40 fundos sendo o maior deles o AF Portfólio Imobiliário. Este fundo é aberto de acumulação, ou seja, “não distribui rendimentos, reinvestindo automaticamente os rendimentos gerados“. Tinha, no final de maio, mais de 244,8 milhões de euros em valor líquido sob gestão.

A GNB Gestão de Ativos é a segunda maior entidade nacional neste segmento, segundo a APFIPP, tendo um património líquido sob gestão de 1.211 milhões de euros. A entidade tem sob sua alçada 32 fundos imobiliários com o maior a ser o NB Património, que no final de maio geria 244 milhões de euros. Contrariamente ao produto mencionado anteriormente, este é um “imobiliário aberto de rendimento, ou seja, distribui rendimentos aos seus participantes de forma periódica”.

A Fundger é a outra entidade nacional que supera os mil milhões de euros. Segundo a APFIPP, o seu património líquido total sob gestão é de 1.127,8 milhões de euros. A gestora gere 26 fundos imobiliários com o maior a ser o Fundimo. Este fundo é, também, o maior produto nacional com um valor em carteira de 570 milhões de euros. Tal como o maior produto da GNB Gestão de Activos, também este é um fundo aberto de rendimento.

Mais três que superam os 500 milhões de euros

Além das três entidades já mencionadas, existem mais três no mercado nacional e que são associadas na APFIPP, que superam os 500 milhões de euros. Uma delas é a Square Asset Management. No final de junho a entidade tinha um valor líquido global sob gestão de 818 milhões de euros com o maior produto a ser o CA Património Crescente. Este produto é um Blockbuster Funds People, e tinha no final de maio mais de 330 milhões de euros, sendo o segundo maior produto n nacional do segmento.

A Banif Gestão de Activos e ainda a Montepio Valor são as duas entidades restantes que têm um valor em carteira superior a 500 milhões de euros. A primeira gere 12 produtos para um total de 550 milhões enquanto a segunda é responsável por nove produtos com um total líquido sob gestão de 532 milhões de euros.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido