Tags: Negócio |

As Fundações foram os únicos clientes que aumentaram o seu património em setembro


De acordo com os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – no final de setembro, montante ascendia a 56.754 milhões de euros. Este montante, face a agosto, era mais pequeno em 0,5%. Se comparamos com o final do ano passado, a descida situa-se em mais de 5,6%. Realce-se o facto dos dados da APFIPP mostrarem apenas 90% do mercado de gestão individual de ativos em Portugal.

A Associação divide em vários clientes a composição do segmento de gestão discricionária: Particulares, Fundos de Pensões, Fundos de Investimento, Seguradoras, Fundações e Outros. Destes, apenas um conseguiu aumentar o seu valor durante o mês de setembro: as Fundações. Este cliente aumentou o seu valor em mais de 3% para um valor muito próximo dos 54 milhões de euros.

Seguradoras com quase 2/3 do mercado

As Seguradoras são o maior cliente de gestão discricionária em Portugal. Os dados da APFIPP mostram que o valor total sob gestão destes clientes ascende a mais de 37,1 mil milhões de euros, representando mais de 65% do mercado analisado pela Associação.

Os Fundos de Pensões seguem-se logo a seguir com uma fatia de 19%, com os seus 10,8 mil milhões de euros. Já os Fundos de Investimento somavam mais de mil milhões de euros no final de setembro, equivalente a uma presença de quase 2% do mercado.

Notícias relacionadas