Tags: Gestores | Negócio |

Captação de investimento mais fácil no imobiliário no próximo ano


Depois de enfocados resultafos relativos à estratégia de investimento da terceira edição do inquérito Deloitte Portuguese Real Estate Investment Survey, focamos agora a perceção do painel de participantes do inquérito que atuam no setor imobiliário português sobre a estratégia de desinvestimento atual, que passa essencialmente pelos ativos core. No entanto, grande parte dos inquiridos (que são maioritariamente sociedades gestoras de fundos imobiliários e empresas), acredita que, no futuro, a estratégia passará por um maior volume de alienação de ativos de valor acrescentado em carteira.

g

Fonte: Deloitte, outubro 2017

Relativamente à captação de investidores para aquisição de imobiliário, o cenário é para os inquiridos mais sorridente, pois acreditam que a captação de investimento nos próximos 12 meses será mais fácil. Porém, apontam a dimensão do financiamento e a duração do processo como fatores que possam vir a ter impacto significativo nessa captação. Em contrapartida, o número de investidores é visto pelos inquiridos como sendo cada vez menos impactante a este nível, tal como as alterações regulatórias (AIFMD e o EMIR), à exceção da FATCA.

gFonte: Deloitte, outubro 2017

 

Notícias relacionadas

O Mais Lido