Tags: Alternativos |

As entidades que gerem fundos imobiliários


Os últimos meses - e até anos - têm sido tumultuosos no segmento imobiliário, no que diz respeito aos ativos sob gestão. Por exemplo, de outubro para novembro "valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) situou-se em 10.515,7 milhões de euros, menos 22,2 milhões de euros (0,21%) do que em outubro", conforme revela o relatório do regulador. Se alargarmos a análise para os últimos cinco anos, então o segmento decresceu mais de 11% o que equivale a mais de 1.300 milhões de euros.

Excluindo os FUNGEPI, o segmento no final de novembro era composto por 231 fundos de investimento, que estão distribuidos por 32 sociedades gestoras. Dessas entidades, as oito maiores representam cerca de dois terços do segmento. Com 39 fundos de investimento no seu portefólio e uma quota de mercado de 13,3%, surge a Interfundos. Em termos monetários, no final de novembro, o seu valor em carteira ascendia a mais de 1.326 milhões de euros.

Logo depois surge a Norfin, que detém uma quota de mercado de 12,4% e que gere 18 fundos de investimento. Em termos de valor em carteira, esta entidade gere mais de 1240 milhões de euros. O pódio é fechado com a Fundger, que tem uma quota de mercado de 9,7% e cujos seus 22 fundos totalizam mais de 968 milhões de euros.

Com 908 milhões de euros em carteira e trêz dezenas de fundos sob sua alçada, vem a GNB Gestão de Ativos. Em termos de quota de mercado, esta gestora detém uma 'fatia' de 9,1%, ficando à frente da Square Asset Management, que surge logo de seguida, com uma quota de mercado de 8,4% e que gere seis fundos com um total de 838 milhões de euros.

As oito maiores entidades gerem dois terços do mercado

Analisando o mercado, verificamos que as oito maiores entidades gestoras de fundos imobiliários nacionais representam dois terços do mercado. Além das cinco gestoras já referidas, a Montepio Valor, a Banif Gestão de Activos e a Santander Asset Management completam o lote das entidades que totalizam 66,6% do mercado nacional.

A Montepio Valor apresenta uma quota de mercado de 4,9% com os seus oito fundos, enquanto que a Banif Gestão de Activos gere onze fundos que representam 4,5% do mercado. Por fim, a Santander Asset Management detém uma 'fatia' de 4,3% com os seus três produtos de investimento.

As entidades com maior quota de mercado

Maiores_Quotas_Imob_Nov16

Fonte: CMVM no final de novembro. Excluem-se os FUNGEPI.

Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos