As duas entidades nacionais que lideram o crescimento nos fundos mobiliários


Dados divulgados pela Associação Portuguesa de Fundos Pensões e Patrimónios (APFIPP) mostram que o mercado nacional de fundos mobiliários cresceu 7,4% este ano e cifra-se agora num total de 12.055 milhões de euros sob gestão. Adicionalmente, o mês de agosto teve também o seu contributo para esta evolução positiva, aportando 0,7% de crescimento mensal. 

Contudo, o crescimento dos AuM não é uniforme entre as entidades nacionais. O destaque vai para aquelas cujo crescimento suplantou largamente o comportamento positivo dos mercados, nomeadamente para a GNB Gestão de Ativos e a Invest Gestão de Ativos, cujos respetivos crescimentos de 49,1% e 47,9% em 2019 são os maiores verificados entre as entidades gestoras nacionais. A primeira entidade apresentava-se no final de agosto com ativos sob gestão (em fundos domiciliados em Portugal) na ordem dos 533,5 milhões de euros (crescimento absoluto de 175,6 milhões de euros) enquanto a segunda, a Invest GA, ganhou ativos na ordem dos 21,7 milhões de euros, fechando o mês de agosto com 67 milhões de euros. 

Captura_de_ecra__2019-09-24__a_s_11

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido