Tags: Gestores | Ações |

As cotadas portuguesas com maior peso nos fundos de ações Portugal


Os fundos que investem em ações nacionais pode dizer-se que têm um universo de investimento relativamente pequeno onde investir, facto especialmente evidente nas estatísticas do índice de referência nacional - PSI 20 - que a 30 de setembro se apresentava com uma capitalização total de apenas 59,3 mil milhões de euros, pouco mais do que a capitalização de mercado da Tesla e menos de metade da capitalização da alemã SAP. O free float, por outro lado, representa pouco mais de metade do mercado - 30,2 mil milhões de euros. Mesmo a totalidade do mercado, como medida pelo índice PSI All-Share Index ascendia a uma capitalização total de apenas 63,42 mil milhões de euros no final do trimestre. 

As carteiras dos fundos

Analisando as carteiras dos fundos de ações Portugal é possível verificar, através de uma média simples das ponderações das posições nas carteiras dos fundos, quais as cotadas com maior preponderância, segundo dados da Morningstar Direct de final setembro.

O BCP é o título em maior evidência dentro destes portefólios com uma média de 8,54%. Recorde-se, contudo, que o investimento no banco nacional quase que se pode apelidar de transversal, pois a cotada é pelo sétimo mês consecutivo o título nacional com maior peso dentro da generalidade dos fundos mobiliários portugueses.

Dentro do espectro de fundos de ações nacionais, o Santander Acções Portugal, a cargo da Santander Asset Management, é o fundo que apresenta maior percentagem alocada ao banco nacional, alocação que é muito próxima de 10%.

A Navigator Company – antiga Portucel – é a segunda cotada nacional com uma média mais elevada nos portefólios de ações nacionais: 7,80%. A empresa de papel é a escolhida por dois fundos de ações nacionais como maior exposição em carteira: o Caixagest Acções Portugal, da Caixagest, e o IMGA Ações Portugal, da IMGA, que, no final de setembro, investiam 9,05% e 9,68% do seu portefólio, respetivamente, nesta empresa.

A Sonae SGPS é a terceira cotada nacional que em média mais aparece nos portefólios dos fundos de ações portuguesas, com uma média de 7,06%.  A 30 de setembro, o NB Portugal Ações era o fundo deste universo que maior percentagem tinha alocada à holding nacional: 9,02%.

Média simples das ponderações das posições nas carteiras dos fundos de ações nacionais

media carteiras fundos de ações

Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro

Carteiras "ipsis verbis"?

Comparando as carteiras dos cinco fundos nacionais que investem em ações nacionais – e apesar do limitado universo de ações elegível para estes fundos – nenhuma das posições no top 3 em carteira é coincidente entre os cinco produtos. Estes organismos “revezam” os três maiores investimentos entre as seguintes seis empresas: Galp Energia, The Navigator Company, Sonae SGPS, Banco Comercial Português, CTT – Correios de Portugal e Altri SGPS.

Destaque também para algumas particularidades e curiosidades no top 10 de investimento protagonizado por estes fundos. O NB Portugal Ações, por exemplo, é o fundo que concentra a maior percentagem de investimento nas três maiores posições: muito perto de 28% da alocação da carteira.

Destaque para o facto da EDP-Energias de Portugal – uma das empresas do PSI 20 com maior capitalização bolsista (cerca de 11 mil milhões de euros) – apenas ser eleita por um dos fundos em análise para constar no seu top 10 de posições, à data de 30 de setembro: o NB Portugal Ações.

Top 10 das carteiras dos fundos de ações nacionais

 

BPI Portugal %
Galp Energia SGPS SA 9.24
The Navigator Company SA 8.43
Sonae SGPS SA 7.83
Altri SGPS SA 6.65
Banco Comercial Portugues SA 6.49
Jeronimo Martins SGPS SA 4.95
CTT-Correios de Portugal SA 4.89
Nos Sgps SA 4.38
Corticeira Amorim SGPS SA 3.64
Novabase SGPS 3.57

 

Caixagest Acções Portugal  %
The Navigator Company SA 9.05
Sonae SGPS SA 8.90
Banco Comercial Portugues SA 7.76
CTT-Correios de Portugal SA 7.06
Galp Energia SGPS SA 6.95
EDP Renovaveis SA 4.71
Nos Sgps SA 4.65
Altri SGPS SA 4.53
Novabase SGPS 4.26
Corticeira Amorim SGPS SA 4.04

 

IMGA Ações Portugal  %
The Navigator Company SA 9.68
Banco Comercial Portugues SA 9.22
CTT-Correios de Portugal SA 8.03
Nos Sgps SA 7.94
Galp Energia SGPS SA 4.78
Sonae SGPS SA 4.75
Jeronimo Martins SGPS SA 4.72
Altri SGPS SA 4.62
Corticeira Amorim SGPS SA 4.50
Ibersol SGPS 2.56

 

NB Portugal Ações %
Altri SGPS SA 9.48
Banco Comercial Portugues SA 9.45
Sonae SGPS SA 9.02
Jeronimo Martins SGPS SA 8.90
The Navigator Company SA 4.69
Galp Energia SGPS SA 4.62
Corticeira Amorim SGPS SA 4.49
CTT-Correios de Portugal SA 4.24
Novabase SGPS 4.16
EDP - Energias de Portugal SA 3.97

 

Santander Acções Portugal  %
Banco Comercial Portugues SA 9.80
The Navigator Company SA 7.15
Galp Energia SGPS SA 7.03
Novabase SGPS 5.14
Corticeira Amorim SGPS SA 4.83
Sonae SGPS SA 4.80
Altri SGPS SA 4.76
Sonaecom SA 4.73
Ibersol SGPS SA 4.50
CTT-Correios de Portugal SA 4.31
Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro 
 

 

 

Empresas

Notícias relacionadas