Tags: Negócio |

A evolução dos AUM das grandes categorias de fundos mobiliários a um ano


As categorias de fundos mobiliários nacionais, em termos agregados, refletiram os ajustes de um desfecho de primeiro trimestre complicado. Os ativos sob gestão das seis categorias de OICVM que a CMVM resume no seu relatório trimestral de gestão de ativos, mostram uma evolução negativa trimestral nos montantes geridos, cenário que em termos anuais muda (e muito de figura).

(Clique na imagem para ampliar)

categoras

Em termos de crescimento anual, os fundos de mercado monetário foram os que em termos percentuais mais avançaram. A CMVM fala de um incremento de 31,3%, que no término de março lhes vale ativos sob gestão de 239,6 milhões de euros. O montante gerido pelos fundos de obrigações também avançou desde março do ano passado: no caso 14,8%, gerindo no terceiro mês deste ano 1.436,7 milhões de euros, distribuídos por 20 produtos.

Os fundos de poupança reforma – segunda categoria mais robusta do conjunto, com 24 fundos e 2.447,4 milhões de euros de AuM - também avançou no último ano, quase 11% de crescimento.

Os produtos que são incluídos na categoria “outros fundos” - a maior de OICVM, com 46,4% de preponderância – também conseguiram incrementar o seu volume gerido, no caso em 2,8%, face ao mesmo período do ano passado. Estes produtos contabilizavam no final de março mais de 5.400 milhões de euros.

Notícias relacionadas

O Mais Lido