Tags: Gestores |

As áreas que as gestoras reforçaram em julho


Apesar de entrar em plena época tradicional veraniana, o mercado de contratações na indústria da gestão de ativos esteve muito ativo durante o mês de julho. Conheça alguns dos movimentos mais relevantes.

Várias empresas fizeram mudanças importantes no teu topo. Por um lado, a Julius Baer anunciou o novo CEO, Philipp Rickenbacher, um cargo que será efetivo a partir do dia 1 de setembro. A GAM também tem um novo CEO. Peter Sanderson ocupará o relevo de David Jacob que dará um passo atrás ao ocupar o cargo de responsável do conselho de administração.

A WisdomTree por sua vez vê na Europa a sua expansão. Anunciou a contratação de Alexis Marinof como vicepresidente executivo e diretor da empresa na Europa, e membro do Comité Executivo. Marinof agora é responsável por liderar a próxima etapa da expansão da WisdomTree na Europa, que já teve um enorme crescimento desde que estabeleceu o seu ramo europeu em 2014. Juntou-se à WisdomTree em julho de 2017 como diretor de distribuição para a Europa e, mais recentemente, exercia o cargo de diretor de operações para a Europa, ajudando a guiar a empresa durante a aquisição de ETF Securities em 2018. Antes disso, foi o diretor da SPDR ETFs para a Europa, Médio Oriente e África e diretor geral na State Street Global Advisors em Londres.

A Capital Group também olha para este lado do Atlântico para crescer o seu negócio. A gestora americana reforçou-se na Europa e Ásia com a contratação de Guy Henriques como diretor de distribuição para ambas as regiões. Henriques conta com mais de 30 anos de experiência no sector e recentemente desempenhou cargos de diretor de distribuição no Reino Unido e foi diretor geral para a América Latina na Schroders. Também era o diretor da equipa de gestão global institucional da entidade.

A análise quantiava continua a ter relevância entre as contratações das gestoras. A Pictet Asset Management incorporou no seu conselho de administraçãoo Nobel Gulati, um especialista em investimentos quantitativos baseados em dados com um amplo historial em finanças. Gulati saiu este ano da Two Sigma, um reconhecido hedge fund americano.

As empresas de investimento não se centraram só nos altos cargos. Uma das boutiques mais ativas este mês foi a empresa parisiense Carmignac. A gestora contratou Kavin Thozet à Edmond de Rothschild Asset Management que será assessor de carteiras dentro do Comité de Investimentos. É um novo membro da equipa num ano de bastante crescimento do seu capital humano. Também reforçaram o escritório na Alemanha com a contratação de Markus Kopp como diretor de desenvolvimento de negócio wholesale.

A BNP Paribas AM também esteve ativa. Incorporou na sua equipa dois destores especializados em ações temáticas. Ulrik Fugmann e Edward Lees, fundadores da gestora temática North Shore Partners. Encarregar-se-ão de gerir uma estratégia global temática de sustentabilidade com posições longas/curtas centradas em empresas do mercados energético, dos materiais, agrícola e industrial. O seu trabalho potenciará as capacidades de investimento temático da entidade ao mesmo tempo que se harmonizará com a sua estratégia global de sustentabilidade

A Genererali Insurance AM promoveu Antonio Pilato como novo diretor de investimentos. Pilato antes era o responsável de trading e suporte à gestão de investimentos da empresa italiana.

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido