Apenas três FIM têm carteiras com mais de 500 milhões de euros


Entre os 285 fundos mobiliários portugueses existem apenas três cujo valor dos activos sob gestão supera 500 milhões de euros,  sendo todos fundos especiais de investimento (FEI), de acordo com os dados do relatório estatístico mensal divulgado pela APFIPP.

O fundo com a carteira mais elevada é o Espírito Santo Liquidez, gerido pela ESAF – FIM e que tinha sob gestão, no final do mês passado 685.048.366 euros, e que pertence à categoria de FEI Monetário de Curto Prazo.

À mesma categoria pertence o que ocupa a segunda posição, o Caixa Fundo Monetário, gerido pela Caixagest, e que tem uma carteira de 572.537.946 euros, de acordo com dados de 30 de Setembro.

No terceiro lugar está o Fundo de Gestão Passiva, um FEI fechado, pertencente à categoria de FEI de Obrigações; é gerido pela Banif Gestão de Activos e tem um valor sob gestão de 555.413.499 euros.

No total, os 285 fundos de investimento mobiliário portugueses tinham sob gestão, no final do mês passado, um total de 11,493,7 milhões de euros, sendo a categoria de FEI de Mercado Monetário a que tem maior volume sob gestão, 157 mil milhões de euros. A sociedade que lidera no valor de activos sob gestão é a Caixagest, com 2,88 mil milhões de euros.

Empresas

O Mais Lido