Tags: Negócio |

Ano de crescimento para a gestão de ativos nacional e para o investimento em fundos estrangeiros


As estatísticas trimestrais de gestão de ativos publicadas pela CMVM relativamente ao último trimestre do ano dão conta de um valor total de ativos geridos em fundos de investimento – mobiliários, imobiliários e fundos de titularização de créditos - e gestão de patrimónios de 92.487,5 milhões de euros a 31 de dezembro, o que representa um crescimento de 1,9% face ao valor de 2016. O crescimento foi de 0,3% no último trimestre do ano.

Corrigindo o valor global de ativos para o efeito de dupla contagem do investimento em unidades de participação de fundos nacionais o total de património ascende aos 89.254,4 milhões de euros e apresenta taxas de crescimento anuais inferiores em 20 pontos base.

Para este total contribuiu um crescimento de 27% dos OICVM, o maior segmento da gestão coletiva de ativos, enquanto os fundos de investimento alternativos viram o seu património total decrescer quase 50%. Na sua globalidade foi também um ano positivo para os fundos imobiliários, sendo que apenas os Fundos de Gestão de Património Imobiliário viram o seu valor decrescer. No entanto, foram os ativos em fundos fechados que mais contribuíram para um evolução positiva do segmento.

De realçar o crescimento significativo do investimento em fundos mobiliários estrangeiros entre os diferentes segmentos de gestão de ativos, tanto no ano como no trimestre, períodos em que o montande investido cresceu 38,2% e 10,7%, respetivamente.

Captura_de_ecra__2018-01-25__a_s_15

Fonte: CMVM, 31 de dezembro de 2017

 

Notícias relacionadas