Tags: Ações |

Enfoque global em destaque nos fundos de ações que mais captaram desde o início do ano


Depois de termos visto que produtos do segmento de obrigações que maior saldo entre subscrições e resgates alcançaram nos primeiros nove meses do ano, mantemo-nos na senda de balanço do contexto de subscrições líquidas dos fundos das diferentes categorias. Desta feita, olhamos para os fundos de ações que mais captaram desde o início do ano, categoria onde menos de metade dos produtos que a compõem conseguiram alcançar um saldo positivo. Em destaque, por outro lado, encontramos um fundo de ações globais que foi o único que logrou ultrapassar os 20 milhões de euros.

Comecemos, então, pelo fundo que mais captou. Trata-se do Caixagest Ações Líderes Globais – produto que ostenta o selo Blockbuster Funds People –, cujo saldo entre subscrições e resgates nos primeiros nove meses do ano foi de cerca de 80,18 milhões de euros. O volume de ativos sob gestão do fundo da responsabilidade da Caixagest ascendia, no final de setembro, a 431,88 milhões de euros.

De seguida encontramos dois produtos com focos em mercados distintos da responsabilidade da Santander Asset Management. O primeiro é o Santander Acções Europa, um fundo cuja gestão está a cargo de José António Montero, e que obteve um saldo de subscrições líquidas de 11,03 milhões de euros nos últimos nove meses. Segue-se o Santander Acções América, gerido por Luís Beamonte, com um saldo entre subscrições e resgates de 2,18 milhões de euros.

Acima do um milhão de euros em subscrições líquidas encontramos ainda o NB Momentum, um fundo de ações globais gerido por Fátima Só, cujo saldo se fixou nos 1,98 milhões de euros.

Os dez fundos de ações que mais captaram desde o início do ano

Captura_de_ecra__2018-10-23__a_s_17

Fonte: Morningstar Direct, setembro de 2018

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Os maus fundos nunca morrem

Há acontecimentos que devem fazer refletir a indústria de gestão de ativos. Um deles é a grande sobrecapacidade existente no setor, com produtos que não estão à altura e que, ainda assim, continuam a ser comercializados sem reservas.

O Mais Lido