Tags: Negócio |

Allfunds reorganiza a sua estrutura global para fortalecer a sua liderança na indústria wealthtech


Como consequência da grande expansão conseguida em 2019 e os acordos alcançados com o Credit Suisse, a fundinfo e o Nordic Fund Market, o Allfunds decidiu fortalecer a sua estrutura de vendas a nível mundial, mediante a criação de duas novas áreas distintas.

As duas novas divisões, pensões e seguros, e gestão patrimonial, vão reportar diretamente a Gianluca Renzini, diretor-geral adjunto e diretor comercial do Allfunds, e são dirigidas por Licia Megliani e Laura González. Megliani, diretora-geral de Itália durante 12 anos, será a nova diretora global da divisão de pensões e seguros. Por sua vez, González, há quase nove anos no Allfunds, será a nova diretora global da divisão de gestão patrimonial. Além do seu novo cargo global, González continuará a desenvolver as suas funções como diretora regional para a Península Ibéria e América Latina até que o seu futuro sucessor seja nomeado durante este ano.

Esta nova estrutura, permitirá à Allfunds “reforçar a sua liderança na indústria wealthtech”, indica a entidade. A empresa é a maior plataforma de distribuição de fundos na Europa, assim como um dos líderes a nível mundial, com uma oferta de quase 87.500 fundos pertencentes a mais de 1.650 gestoras, e acordos com mais de 685 distribuidores, entre os que se incluem os principais bancos comerciais, banca privada, seguradoras, gestoras de fundos, brokers e outras empresas de investimento de 51 países diferentes.  

Após a nomeação de Licia Megliani, o cargo de diretor-geral de Itália foi confiado a Stefano Catanzaro, antigo diretor-geral de Itália da BNP Paribas Securities Services, onde trabalhou mais de 20 anos, ocupando diversos cargos de responsabilidade como o de diretor de serviços de ativos e fundos, e o de diretor de vendas e relação com investidores institucionais. Catanzaro, que reportará a Gianluca Renzini, vai coordenar uma equipa de mais de 60 pessoas e vai gerir as relações institucionais com clientes, autoridades, provedores e empresas italianas de gestão de ativos e patrimónios em constante coordenação com a sede central em Madrid e com as duas novas divisões comerciais.

Gianluca Renzini, diretor-geral adjunto e diretor comercial do Allfunds, declarou: "A nova estrutura de vendas global, unida à ampla experiência de todos os gestores selecionados, trará um valor acrescentado à planificação estratégica, à gestão mundial, à especialização por competências, à inovação constante de soluções e serviços tecnológicos em apoio das necessidades específicas dos gestores patrimoniais de todo o mundo, contribuindo ao mesmo tempo para o desenvolvimento e acesso a novos países. As novas divisões vão trabalhar em conjunto com os diretores locais de cada país para combinar a experiência global com as características específicas de cada um dos mercados locais, melhorando cada vez mais a nossa oferta. Como pioneiro na revolução digital aplicada à indústria da gestão de ativos e patrimónios, Allfunds prepara-se para uma nova fase de fortalecimento e crescimento, num momento de grande transformação da indústria no qual Fintech, Big Data e a Transformação Digital desempenham um papel protagonista".

Empresas

Notícias relacionadas