Tags: Gestores |

Allfunds lança gama de serviços MiFID II aplicada a mais de 54 mil fundos


Na semana passada, em Madrid, a Allfunds, a maior plataforma de fundos da Europa, apresentou as mais de 240 entidades as ferramentas e soluções para MiFID II que desenvolveram de forma a apoiar os seus clientes no novo cenário de distribuição de fundos que surge a partir de dia 3 de janeiro de 2018.

O alcance do compromisso da Allfunds com as gestoras de fundos e os distribuidores tornou-se mais claro através da cimeira MiFID II, celebrada em Madrid na semana passada, e apresentado por Juan Alcaraz, CEO da Allfunds. Alcaraz frisou que “as ferramentas digitais de MiFID II da Allfunds ajudarão a que a transição seja perfeita para os nossos clientes. Ao proporcionar acesso a mais de 54 mil instrumentos financeiros e uma análise detalhada das classes de ações, os nossos sócios terão acesso a todos os dados que necessitem enquanto mantêm os custos baixos e permitem a sua digitalização. Estamos satisfeitos em partilhar a nossa tecnologia e os nossos conhecimentos de distribuição com os nossos sócios e apoiá-los neste próximo processo normativo”.

Catálogo e classes de ações

Apoiada nas suas capacidades digitais, a Allfunds coloca à disposição dos clientes um conjunto de ferramentas, destacando-se entre elas uma plataforma de análise de classes de ações e um catálogo de fundos com informação de mais de 54 mil fundos e ETFs. A ferramenta de análise de classes de ações e o catálogo de fundos irá proporcionar informação essencial sobre cada produto. A maior parte da informação será oferecida às gestoras através do catálogo de fundos Allfunds, uma ferramenta essencial na estratégia de dados da entidade. Todas as soluções e dados estarão disponíveis através de diferentes formatos, incluindo a troca de arquivos, assim como a web 3.0 e o conjunto de API lançadas recentemente.

Para o responsável da Allfunds, a escala e a especialização são fatores diferenciadores no seu serviço. “Sendo a maior plataforma de fundos da Europa, o tamanho e alcance da Allfunds significa que pode proporcionar economias de escala enormes e com um único ponto de acesso para ajudar a minimizar os custos para os distribuidores e gestores de fundos a cumprir MiFID II, graças ao alto grau de especialização da Allfunds”, explica.

Entre os vários serviços, oferecem também acesso à informação legal dos mais de 54 mil fundos e ETF. Também conta com ferramentas para ajudar os distribuidores a cumprir as suas obrigações MiFID II, que lhes permitiram agregar valor aos investidores, incluídas as ferramentas de comparação digital e de seleção de fundos, para ajudá-los com a seleção de classes de ações para cada um dos seus negócios.

A Allfunds também explicou como irá coletar, padronizar e distribuir os dados específicos MiFID II, assegurando que os distribuidores recebam dados de uma fonte única e fiável. Como indicado durante a apresentação, este novo panorama requere um acesso aos dados racionalizado e eficiente, enquanto se leva a cabo a necessidade de transparência em toda a cadeia de distribuição de fundos. As gestoras de fundos também beneficiam do acesso à distribuição através de um canal seguro e transparente, obtendo os dados sobre os distribuidores que podem necessitar de cumprir com as suas obrigações ou para obter informação de gestão de confiança.

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido