Ações América dominam no espetro das ações a três anos


Os últimos três anos do mercado acionista, em termos genéricos, trouxeram alguma pujança, principalmente quando nos focamos em determinadas regiões para lá da Europa. Os dados anualizados da Morningstar Direct, datados de novembro, mostram isso mesmo. Quando nos focamos nos retornos dos fundos de ações domiciliados em Portugal, esses  retornos dão “indicação” precisamente do referido, e os temas que saltam à vista são Brasil, EUA e até Emergentes.

Embora o BPI Brasil Valor seja o fundo que sem sombras de dúvida mais salta à vista em termos de retorno no período - com 18,49% de rentabilidade anualizada nos últimos três anos, segundo dados da Morningstar Direct do final de novembro – pode dizer-se que são as ações América o grande denominador comum na análise ao segmento.

Metade de Ações América

Dos 10 fundos de ações mais rentáveis nos últimos três anos, metade focam-se precisamente nessa região. Tratam-se, por ordem de rentabilidade obtida, dos fundos Caixagest Acções EUA (fundo com selo Blockbuster Funds People), com 11,02% de retorno anualizado, o Santander Acções América, que chega aos 8,60% de rentabilidade anualizada, o IMGA Acções América, com 7,35%, e o BPI América D e o BPI América E com 6,93% e 5,70%, respetivamente. De realçar que todos estes fundos  se destacam, também, quando são analisados os fundos mais rentáveis, em termos gerais, nos últimos três anos.

De realçar, também, a meio da tabela a presença de dois fundos com universos de investimento distintos. Falamos do BPI Reestruturações e do Caixagest Ações Líderes Globais. O primeiro obteve no período um retorno de 7,78%. Gerido pela BPI Gestão de Activos, o fundo no final de outubro apresentava quase 20% do seu portefólio alocado ao consumo não-cíclico. Nas maiores posições apresentava investimentos no Lyxor ETF Japan Topix, na Johnson & Johnson e na Amazon. O segundo fundo referido – o Caixagest Acções Líderes Globais – que no mercado se apresenta como o maior fundo de ações, também figura na lista. O produto conseguiu 7,63% de retorno anualizado nos últimos anos, e nas suas maiores posições encontram-se a Pfizer, a Apple e a Johnson & Johnson.

Fundos de ações mais rentáveis nos últimos três anos 

Captura_de_ecra__2018-11-28__a_s_16

Fonte: Morningstar Direct, 30 de novembro
Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido